Couve - Benefícios para a Saúde
Amendôa - Escolher e Conservar

Se uma pessoa está a ser tratada com algum dos medicamentos abaixo indicados, não deve beber chá verde ou tomar extracto de chá verde sem primeiro falar com o respectivo médico assistente:

  •  Adenosina: O chá verde pode inibir a acção da adenosina, uma medicação administrada nos hospitais, para um irregular e geralmente instável ritmo cardíaco.
  •  Antibióticos beta-lactâmicos: O chá verde pode aumentar a eficácia dos antibióticos beta-lactâmicos, por redução da resistência bacteriana ao tratamento.
  •  Benzodiazepínicos: A cafeína (incluindo a do chá verde) foi apresentada para reduzir os efeitos sedativos dos benzodiazepínicos (medicamentos usados para tratar a ansiedade, tais como o diazepam e o lorazepam).
  •  Beta-bloqueadores, Propranolol e Metoprolol: A cafeína (incluindo a do chá verde), pode aumentar a pressão arterial em pessoas que estejam a tomar propranolol e metoprolol (medicamentos usados para tratar a pressão arterial alta e doenças cardíacas).
  •  Purificação do sangue devido a medicamentos (incluindo a aspirina): Pessoas que tomam varfarina (medicamento para diluir o sangue), não devem beber chá verde, dado que este contém vitamina K, o que pode fazer a varfarina ineficaz.

Enquanto isso, não se deve misturar o chá verde e a aspirina porque ambos impedem as plaquetas de coagularem.

Usando os dois juntos, pode-se aumentar o risco de hemorragia.

  • Quimioterapia: A combinação do chá verde com medicamentos de quimioterapia, especificamente doxorrubicina e tamoxifen, aumentou a eficácia desses medicamentos em exames laboratoriais.

No entanto, estes resultados ainda não foram demonstrados em estudos relacionados com pessoas.

Por outro lado, tem havido relatos de os extractos do chá verde e do chá preto estimular um gene específico nas células do cancro na próstata, o que pode levar a ficar menos sensível às drogas quimioterápicas.




Dado este potencial de interacção, as pessoas não devem beber chá verde ou preto (bem como os respectivos extractos), enquanto receberem quimioterapia devido ao cancro na próstata, em particular.

  • Clozapina: Os efeitos do antipsicótico clozapina podem ser reduzidos se este fôr ingerido menos de 40 minutos após a toma de chá verde.
  •  Efedrina: Quando tomado em conjunto com a efedrina, o chá verde pode causar agitação, insónia, perda de peso e tremores.
  •  Lítio: O chá verde foi apresentado para reduzir os níveis sanguíneos do lítio (um medicamento usado para tratar a mania e a depressão).
  •  Inibidores da Monoamina Oxidase (IMAO): O chá verde pode causar um aumento grave da pressão arterial (chamada de crise hipertensiva) quando tomado conjuntamente com IMAOs, que são usados para tratar a depressão.

Exemplos de IMAOs incluem fenelzina e tranilcipromina.

Anticoncepcionais Orais – Os contraceptivos orais podem prolongar o tempo de estadia da cafeína no organismo e como tal, aumentar os seus efeitos estimulantes.

Fenilpropanolamina – A combinação da cafeína (incluindo a do chá verde) e da fenilpropanolamina (um ingrediente utilizado para combater a tosse e a perda de peso), pode causar manias e um aumento grave da pressão arterial.

O FDA emitiu um aviso à saúde pública em Novembro de 2000 para alertar as pessoas quanto ao risco de hemorragias no cérebro devido ao uso deste medicamento e insistiu para que o fabricante desta droga a removesse do mercado.

Couve - Benefícios para a Saúde
Amendôa - Escolher e Conservar