Cohosh Preto – Benefícios para a Saúde

Dong Quai - Benefícios para a Saúde
Arando - Dosagem e Administração

Cohosh Preto é frequentemente utilizada no tratamento de várias doenças:

Sintomas da menopausa

Alguns estudos clínicos confirmam que o uso do cohosh preto é eficaz para melhorar os sintomas da menopausa, embora alguns não tenham demonstrado qualquer melhoria. Estudos alemães recentes demonstraram que o cohosh preto melhorou os sintomas físicos e psicológicos da menopausa, incluindo ansiedade, afrontamentos, suores nocturnos e secura vaginal.

Num estudo clínico com 120 mulheres com os sintomas da menopausa, o cohosh preto foi mais eficaz no alívio dos afrontamentos e dos suores nocturnos do que a fluoxetina antidepressiva (Prozac).

Tendo em conta os resultados da maioria dos estudos clínicos, muitos especialistas concluem que o cohosh preto pode ser uma alternativa segura e eficaz para as mulheres que não podem ou não desejam uma terapia de reposição hormonal (TRH) para a menopausa. No entanto, numa revisão recente de seis estudos, os pesquisadores concluíram que as provas não demonstram consistentemente o efeito do cohosh preto sobre os sintomas da menopausa.

Estudos recentes foram mal concebidos e que não avaliam a segurança e a eficácia do cohosh preto além dos 6 meses de utilização.

Até que mais estudos sejam realizados, alguns médicos recomendam apenas uma utilização de curto prazo (menos de 6 meses), desta planta para o alívio dos afrontamentos.

Afrontamentos relacionados com os tratamentos do cancro da mama

Os medicamentos para o cancro da mama, como o tamoxifeno (Nolvadex) podem provocar afrontamentos.

Embora muitos pacientes com cancro da mama possam tomar cohosh preto para reduzir a ocorrência e a intensidade dos afrontamentos, dois estudos bem concebidos concluíram que a planta não é mais eficaz do que um placebo. Além disso, alguns investigadores de Yale referem que os medicamentos à base de plantas, tais como o cohosh preto, podem interferir com os tratamentos comuns do cancro da mama, tais como a radiação e os medicamentos.

Tem havido alguma preocupação relativa à possibilidade de o cohosh preto poder conter estrogénios vegetais, ou fitoestrogénios, que podem estimular o crescimento de tumores mamários.

No entanto, num estudo caso-controle com 949 casos de cancro da mama e 1524 controles descobriu-se que a utilização do cohosh preto teve efeitos protectores significativos contra o desenvolvimento do cancro da mama. É ainda necessário realizar mais pesquisas.

Os pacientes com um historial de cancro da mama, com factores de risco para o cancro de mama, ou que estão activamente envolvidos no tratamento deste cancro devem falar com o seu médico antes de tomarem cohosh preto.

Artrite

Estudos preliminares sugerem que o cohosh preto pode ajudar a reduzir a inflamação associada à osteoartrite e à artrite reumatóide. Em revisões de estudos científicos, os investigadores concluíram que a combinação de cohosh preto, de casca do salgueiro (salix spp.), de salsaparrilha (smilax spp.), de resina de guaiacum (guaiacum officinale) e de casca de álamo (populus tremuloides) pode ajudar a aliviar os sintomas da osteoartrite. No entanto, não existem estudos suficientes em humanos para fazer uma recomendação certa sobre o seu uso para a artrite.

Osteoporose

Através de estudos laboratoriais descobriu-se que os estrogénios vegetais (os fitoestrogénios) do cohosh preto podem inibir a perda óssea, como a que ocorre na osteoporose. No entanto, são necessárias mais pesquisas.

Dong Quai - Benefícios para a Saúde
Arando - Dosagem e Administração

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Benefícios para a Saúde do Óleo de Gérmen de Trigo

Investigações demonstraram que a obtenção de nutrientes através de uma dieta saudável é naturalmente muito mais eficaz do que tentar...

Fechar