Como o estresse está evitando a sua perda de peso

Por novembro 15, 2015 Dieta Sem Comentários
Benefícios da Berinjela para a Saúde
A canela é boa para emagrecer?

Se o ganho de peso não é o resultado de consumir muitas calorias e muito pouco exercício, qual é a causa? As teorias principais incluem um diversificado número de razões, incluindo:

 As toxinas ambientais
Os açúcares, especialmente a frutose
O trabalho por turnos e insônia
Altos níveis de estresse
Poluição sonora
Campos eletromagnéticos

Muitos deles podem não parecem ser óbvias causas de ganho de peso. Como podem produtos químicos invisíveis ou sons altos levar pessoas a ganhar quilos? O único traço comum entre todos esses fatores é que cada um muda hormônios supra-renais de forma a que levam ao ganho de peso.

Modo de sobrevivência

healthy photo

Photo by epSos.de

Todos os mamíferos são capazes de controlar o seu peso corporal, mesmo quando sua ingestão de alimentos aumenta ou diminui um pouco. Todos os mamíferos também são capazes de ganhar peso sem comer mais quando se preparam para hibernação ou quando estão passando por estados de fome. “Modo de sobrevivência” é a frase dada a esta reacção de armazenamento, e isso acontece para nós pessoas também.

Quando não estamos em modo de sobrevivência, o nosso principal hormônio do estresse, cortisol, tem um ritmo diário saudável. As glândulas adrenais produzem muito cortisol na parte da manhã, e conforme o dia passa, elas produzem cada vez menos. Quando coisas como toxinas, ruído e estresse nos enviam para modo de sobrevivência, o momento da produção de cortisol é ignorado pelo orgâniscmo. Quando a produção de cortisol é alterada, a energia na corrente sanguínea fica alocada à gordura da barriga e é usada para ampliar as células de gordura.

Assim, o ganho de peso é uma preparação para a fome, assim fica claro por que comer menos alimentos raramente leva à duradoura perda de gordura. Quando você faz uma dieta nova, sua ingestão de alimentos diminui. Se o seu corpo se prepara para um estado de escassez de alimentos, isso só torna as coisas piores.

A perda de peso a longo prazo não vai acontecer por métodos muito radicais mas sim a partir de formas construtivas. Ao invés da velha fórmula de de dieta e exercício, as novas soluções são mais:

* Meditação
* Ioga
* Sono regular
* Probióticos
* Detox 
* O tempo na natureza
* Massagem

Curando o Ciclo de Cortisol


Todas estas soluções podem ajudar a curar o ciclo de produção de cortisol, e esta é a passagem para duradoura perda de gordura. A única coisa ruim sobre essas novas soluções é que eles tomam tempo, e muitas pessoas simplesmente não têm tempo suficiente para as coisas.

Uma dieta simples pode curar o ciclo de cortisol por si só. A boa dieta funciona porque os carboidratos bons, como trigo, feijão podem efetivamente regular a produção de cortisol. Desde que é bom ter mais cortisol na parte da manhã e menor cortisol à noite, você pode comer esses carboidratos à noite e redefinir o ritmo.

Um grupo de 42 voluntários testaram esta dieta e se denotou que, em menos de 30 dias, o ritomo dos hormônios de armazenamento de gordura foram corrigidos. No estudo, os participantes perderam uma média de 3 kg de gordura. Outros dados: ao contrário de dietas típicas, os participantes ganharam energia, melhoraram a qualidade do sono e ganharam maior foco mental.

Se manter seu peso tem sido uma luta, por favor, não pense que você é fraco de vontade ou preguiçoso. Depois de entender que os hormônios do estresse conduzem o ganho de peso, torna-se claro que os sentimentos de vergonha e auto-dúvida por si só podem piorar o problemaO caminho para ser magro e energizado não vem através de mais privação, mas de forma mais eficazes de viver feliz.

Benefícios da Berinjela para a Saúde
A canela é boa para emagrecer?

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Estar Sentado é ruim para você?

Não há muito tempo atrás, você provavelmente via sua cadeira de escritório como apenas uma peça de mobiliário inocente.

Fechar