Endorfinas 101: Um Guia para a Euforia Natural

Aterosclerose: 7 exercícios preventivos
4 maneiras de aliviar a dor do joelho

As Endorfinas são hormônios que são produzidas pela glândula pituitária e do hipotálamo de seu corpo. As Endorfinas atuam sobre os receptores opiáceos do cérebro para bloquear sua capacidade de receber mensagens de dor dos nervos sensoriais. Isso faz com que você seja menos sensível à dor.

As Endorfinas também funcionam em suas emoções. Elas criam uma sensação de prazer, fazendo você se sentir fortalecido e bem consigo mesmo. Elas também trabalham por até 24 horas. Os Estudos têm demonstrado que a felicidade é um fator chave na manutenção da saúde. Há uma série de coisas que podem ajudar você a otimizar o seu nível de endorfina.

 

Dieta saudável e balanceada

As Endorfinas são produzidas a partir de gorduras e açúcares. É por isso que algumas pessoas que não têm gordura corporal suficiente ou têm distúrbios alimentares são altamente temperamentais e, muitas vezes deprimidas. Por forma a podermos manter o nível de endorfinas, é preciso haver um nível moderado de gorduras e açúcares em sua dieta. Isto não quer dizer que você deve se concentrar em chocolates e sorvetes para mantê-lo em alto astral.

Comer doces e alimentos gordurosos irá realmente mudar os receptores opiáceos no cérebro que pode fazer você se sentir esgotado de endorfinas. As Gorduras boas, como as de peixes, nozes, abacate e frutas, que fornecem açúcares naturais e vitaminas essenciais são necessárias para a sua manutenção emocional e bem-estar geral.

 

Exercício

As Endorfinas são naturalmente liberadas durante o exercício. Este efeito é especialmente pronunciado durante períodos prolongados de exercício extenuante. Enormes quantidades de endorfinas são liberadas para o ajudar a mascarar qualquer dor e ajudá-lo a empurrar passado o limite normal.

Após o exercício, em vez de estar cansado, na verdade você pode se sentir mais alegre e permanecer revigorado pelo próximo par de horas. Isto é devido ao alto nível de endorfinas que permanecem em seu sistema. Estudos têm demonstrado que o exercício regular por 20 minutos ou mais pode promover a secreção de endorfina.

 

Pensamento Positivo

Sorrir, rir e pensar sobre as atividades prazerosas, como amigos e acontecimentos felizes em sua vida, desencadeiam a liberação de endorfina. Alguns estudos têm mostrado que 8 a 10 minutos de rir em voz alta criará uma elevação ampliada de endorfinas que podem contribuir para uma noite de sono melhor.

 

Meditação e Relaxamento

A Mediação reduz sua taxa de coração, criando uma sensação de calma em seu corpo. Isso desencadeia o hipotálamo a produzir endorfinas, que são a chave para a calma que sente depois de sua meditação. A Prática regular da meditação pode ajudar a baixar a pressão arterial e colesterol.

 

Ervas

Certas ervas como capsicum, encontrado em pimentas chili, podem induzir a liberação de endorfinas. Estudos têm demonstrado que a ingestão regular de alimentos picantes pode levar a um elevado nível de endorfinas. Muitos remédios contra a artrite fazem uso das características de alívio da dor destas ervas para aliviar dores articulares e musculares.

Aterosclerose: 7 exercícios preventivos
4 maneiras de aliviar a dor do joelho

No Comments

Poste um comentário

Leia o post anterior:
O que é Yoga Pranayama?

Como uma parte fundamental das práticas de yoga, a yoga Pranayama é algo que é útil para iniciantes de entenderem....

Fechar