Ginkgo Biloba - Efeitos Secundários
Efedrina - Efeitos Secundários

A erva-cidreira (melissa officinalis), um membro da família da hortelã, é considerada uma planta calmante. É usada desde a Idade Média para reduzir o stress e a ansiedade, melhorar o sono, melhorar o apetite e aliviar a dor e o desconforto de indigestão (incluindo gases e inchaço, bem como cólicas).

Mesmo antes da Idade Média, a erva-cidreira era embebida no vinho para melhorar o ânimo, ajudar a curar feridas e tratar picadas de insectos venenosos. Actualmente, a erva-cidreira é frequentemente combinada com outras ervas calmantes e suavizantes, como a valeriana, a camomila e o lúpulo, para ajudar a estimular o relaxamento. Também é usada em cremes para tratar o herpes labial (herpes oral).

Originária da Europa, a erva-cidreira é cultivada em todo o mundo. É cultivada não só em jardins para atrair as abelhas, mas também em culturas para a área medicinal, cosméticos, e para produzir vernizes para móveis. A planta cresce até cerca de 60 cm de altura, às vezes até mais, se não receber manutenção.

Na primavera e no verão, grupos de pequenas flores de coloração amarelo-clara crescem no ponto onde as folhas se encontram com o tronco. As folhas são muito enrugadas e vão desde o verde-escuro ao verde amarelado, dependendo do solo e do clima. Se esfregar os dedos sobre as folhas, os dedos ficarão com um aroma ácido e doce, como os limões. Em termos de forma, as folhas são similares às da hortelã, e ambas as plantas são provenientes da mesma família.

Nomes alternativos:

Citronela; melissa; limonete; lúcia-lima; erva-luísa; doce-lima.

Ginkgo Biloba - Efeitos Secundários
Efedrina - Efeitos Secundários