História da Salsa
Erva de São João - Interacções Medicamentosas

O uso de ervas é uma abordagem muito reconhecida para fortalecer o corpo e tratar doenças.

As ervas, no entanto, contêm substâncias activas que podem desencadear efeitos colaterais e interacções com outras ervas, suplementos ou medicamentos.

Por estas razões, deve tomar-se cuidado com as ervas que se utilizam e sempre sob a supervisão de um especialista em cuidados de saúde e experiente no campo da medicina botânica.

O ginseng asiático pode causar nervosismo ou insónia, principalmente se fôr tomado em doses elevadas ou quando combinado com cafeína.

Outros efeitos colaterais são raros, mas podem incluir:

– Pressão Arterial Elevada;

– Insónia;

– Inquietação;

– Ansiedade;

– Euforia;

– Diarréia;

– Vómitos;

– Dor de Cabeça;

– Hemorragia Nasal;

– Dor no Peito;

– Hemorragia Vaginal.

Para evitar a hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue), mesmo em pessoas sem diabetes, tomar o ginseng asiático com os alimentos.

As pessoas com hipertensão (pressão arterial elevada) não devem tomar medicamentos com o ginseng asiático, sem a supervisão do médico assistente.

Ao mesmo tempo, as pessoas com pressão arterial baixa, assim como as que têm uma doença aguda, devem ter cuidado ao tomar o ginseng asiático.

Pessoas com transtorno bipolar não devem tomar ginseng porque pode aumentar o risco de mania.

As mulheres grávidas ou em fase de amamentação, não devem tomar ginseng asiático.

O ginseng asiático pode causar hemorragia vaginal.

As mulheres que têm historial de cancro da mama não devem tomar ginseng.

Parar de tomar ginseng asiático, pelo menos durante sete dias, antes de uma cirurgia.

O ginseng asiático pode actuar como um diluidor de sangue, aumentando o risco de hemorragia durante ou após o procedimento.

História da Salsa
Erva de São João - Interacções Medicamentosas