História do Coentro
Erva Cidreira - Benefícios para a Saúde

O ginseng siberiano (Eleutherococcus senticosus), também conhecido como eleuthero, tem sido utilizado há séculos nos países do leste europeu, e na China. Embora o nome seja semelhante, o ginseng siberiano é diferente do ginseng americano (Panax quinquefolius) ou do ginseng asiático (Panax ginseng); os componentes químicos activos dum e doutros são diferentes; as principais substâncias activas do ginseng siberiano são os eleuterósidos, muito importantes no aumento das capacidades do sistema imunológico.

O ginseng siberiano, tradicionalmente utilizado para prevenir gripes e constipações e para aumentar a energia, longevidade e vitalidade, é amplamente utilizado na Rússia como um adaptógeno – substância natural que ajuda o organismo a conseguir óptimos rendimentos físicos e mentis.

O ginseng siberiano é um tipo de ginseng que, como o seu nome indica, cresce em algumas regiões da Sibéria e ainda na Coreia, na China e no Japão; pode atingir entre 3 a 10 metros de altura; é um arbusto espinhoso, com poucas ramificações, as folhas vêm no seguimento dos caules que estão presos à haste principal; tanto os ramos como os caules estão densamente cobertos por espinhos flexíveis; as flores, pequenas, de cor amarela ou violeta, crescem em cachos na ponta dos caules; as raízes, de cor castanha, ramificadas ou não, são cilíndricas, e lisas.

 Nomes alternativos:

Acanthopanax senticosus; Eleuthero; Eleutherococcus senticosus; Ginseng Siberiano; Raiz da Taiga; entre outros.

História do Coentro
Erva Cidreira - Benefícios para a Saúde