Mil Folhas
História do Cravinho

O uso de plantas é uma abordagem muito reconhecida para o fortalecimento do organismo e o tratamento de doenças.

No entanto, as plantas podem provocar efeitos colaterais e podem interferir com outras ervas, suplementos ou medicamentos. Por estas razões, deverá tomar as ervas com cuidado, sob a supervisão de um médico qualificado no domínio da medicina botânica. Isto aplica-se particularmente no caso da kava, porque existem indícios de que pode causar danos ao fígado.

Relatórios nos Estados Unidos e na Europa têm associado a kava a problemas hepáticos graves. Esta planta contém substâncias que têm sido associadas a pelo menos 25 relatórios de lesões relacionadas com o fígado (incluindo hepatite, cirrose, insuficiência hepática e morte). Num relatório do caso, um homem de 50 anos desenvolveu hepatite após tomar entre 3 e 4 extractos de kava todos os dias durante 2 meses. A sua doença piorou rapidamente, e precisou de um transplante de fígado.

Existem muitas coisas que se desconhece acerca do efeito da kava no fígado. É possível que os complementos de kava que algumas pessoas tomaram estivessem contaminados com outras substâncias, o que causou danos no fígado. Ou pode ser que algumas pessoas já tivessem problemas de fígado antes de tomara planta, ou que tomassem uma combinação de kava e de outros medicamentos de prescrição ou ervas que prejudicaram o fígado. Também é possível que as doses desta erva geralmente recomendadas afectem as pessoas de forma diferente, de modo que a dose que causaria danos no fígado de uma pessoa poderá não ter qualquer efeito no fígado de outra.

Devido à incerteza em torno desta planta, deverá tomá-la apenas com a supervisão do seu médico. Se tiver tomado kava e tiver sintomas de problemas no fígado [como pele amarela (icterícia), fadiga, dor abdominal, perda de apetite, náuseas, vómitos e dores nas articulações], procure auxílio médico de imediato.

As pessoas com lesões no fígado não devem tomar kava.

As mulheres grávidas ou que estejam a amamentar não devem tomar esta erva.

Não tome kava se estiver para ser operado (e informe o seu médico se a tiver tomado anteriormente). Esta erva pode prolongar o efeito da anestesia.

Não combine bebidas alcoólicas com a toma de kava.

Outros efeitos colaterais associados a esta planta incluem reacções alérgicas na pele (como a dermatite de contacto), tonturas, sonolência, agitação, dores de estômago e tremores. A utilização prolongada em grandes doses pode provocar pele escamosa, seca e de coloração amarelada, perda de cabelo (alopecia), perda parcial da audição e perda de apetite. Tal como o álcool, pode ter efeitos intoxicantes e não deve ser tomada antes de conduzir um carro ou outras máquinas.

Mil Folhas
História do Cravinho