Memória - Aumentar o Poder do Cérebro
História do Endro

Não tome kava, a menos que esteja sob a supervisão de um médico, especialmente se estiver a receber tratamento para alguma doença. Não tome a planta com quaisquer medicamentos, com ou sem prescrição médica.

A kava pode interferir com:

Anticonvulsivantes – pode ampliar os efeitos dos medicamentos, tais como a fenitoína (Dilantin), que são utilizados para tratar convulsões.

Álcool – não combine kava e álcool. Os riscos de deficiência e de danos no fígado ficam muito acrescidos.

Agentes anti-ansiedade – esta planta pode aumentar os efeitos depressores do sistema nervoso central, tais como os benzodiazepínicos, usados para distúrbios do sono ou ansiedade (especialmente o alprazolam ou o Xanax) e os barbitúricos (como o pentobarbital), que são usados para distúrbios do sono e crises convulsivas. Os benzodiazepínicos incluem:

  • Alprazolam (Xanax)
  • Diazepam (Valium)
  • Lorazepam (Ativan)
  • Triazolam (Halcion)
  • Clordiazepóxido (Librium)

Diuréticos – estes medicamentos ajudam a libertar o organismo do excesso de líquidos. A kava pode tornar os efeitos desses medicamentos mais fortes, aumentando o risco de desidratação.

Medicamentos com fenotiazina – esta erva pode aumentar o risco de efeitos colaterais associados aos medicamentos fenotiazínicos (muitas vezes utilizados para o tratamento da esquizofrenia), inclusive a clorpromazina (Thorazine); e a prometazina (Fenergan), utilizada como um anti-histamínico.

Levodopa – houve pelo menos um relatório que indicava que a kava pode reduzir a eficácia da levodopa, um medicamento usado para tratar a doença de Parkinson. Não deve tomar kava se estiver a tomar outros medicamentos que contêm levodopa ou tiver a doença de Parkinson.

Memória - Aumentar o Poder do Cérebro
História do Endro