Minerais: Consumo em Excesso

Chá afeta a Absorção de Ferro no Organismo?
Cálcio, Magnésio e Zinco - Bons para os Nervos?

Os minerais que você recebe em sua dieta ajudam a manter a função normal do corpo. No entanto, seu corpo não necessita de grandes reservas de minerais. Você pode obter uma boa quantidade da maioria dos minerais dos alimentos que você come. Isso faz com que os suplementos sejam muitas vezes desnecessários e, se você tomar muito de qualquer um mineral, tomar suplementos pode ser perigoso. Por esta razão, é importante discutir todos os suplementos minerais que você está considerando o seu médico.

 

Sódio

A Pressão arterial elevada contribui para cerca de 400.000 mortes em cada ano os EUA e, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention, o sódio é o maior culpado. Cada dia você deve consumir cerca de 1.500 miligramas de sódio para permanecer saudável. No entanto, o consumo médio por pessoa é de 3.436 miligramas por dia, nos Estados Unidos por exemplo. Este elevado consumo de sódio pode causar pressão alta, que pode levar a outras condições, tais como doenças cardíacas. Para reduzir a sua ingestão de sódio, a MayoClinic.com sugere verificar os rótulos de dos alimentos que consome para encontrar alimentos com menos de 35 miligramas de sódio por porção.

 

Ferro

O ferro é armazenado em muitos de seus órgãos e é raramente excretado. Isso faz com que a toxicidade de ferro seja uma preocupação. A Toxicidade pode causar problemas digestivos, falha dos órgãos e morte, em casos extremos. Para evitar a toxicidade de ferro, não consuma mais de 45 miligramas de ferro por dia. O Fígado de galinha e cereais enriquecidos têm as maiores doses de ferro. As Fontes de ferro provenientes da carne são mais facilmente absorvidos e, portanto, são mais propensas a causar toxicidade. Se o fígado é a sua comida favorita, considere ter seus níveis de ferro testados, apenas como uma precaução.

 

Zinco

O excesso de Zinco pode causar dor de cabeça, náuseas e fadiga. Quantidades muito elevadas de zinco também têm sido associadas à anemia, à função imunológica baixa e uma chance maior de infecções do trato urinário. Os Institutos Nacionais de Saúde sugerem manter sua ingestão de zinco abaixo de 40 miligramas por dia, que consome entre as fontes de alimentos e os suplementos. O zinco é encontrado em muitas das carnes, frutos do mar, nozes e ovos que você come. Porque o zinco está em muitos alimentos comuns, é importante que o uso de suplementos de zinco seja sobre vigilância de um médico para evitar tomar em excesso.

 

Selênio

Seu corpo necessita de muito pouco selênio para se manter saudável: 55 microgramas por dia. O Selênio cria enzimas antioxidantes em seu corpo, que ajudam a proteger as células contra danos, tornando-se potencialmente benéficos na prevenção de alguns tipos de câncer, de acordo com MedlinePlus. No entanto, o selênio em excesso pode levar a uma condição chamada selenosis. Como resultado, pode ocorrer perda de cabelo, fadiga, danos nos nervos e náuseas. O selênio é encontrado em maior quantidade em carnes de animais que foram alimentados com uma dieta vegetal. Encontra-se também em ovos, alho e grãos.

 

Chá afeta a Absorção de Ferro no Organismo?
Cálcio, Magnésio e Zinco - Bons para os Nervos?

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Cálcio, Magnésio e Zinco – Bons para os Nervos?

Existe mais cálcio em seu corpo do que qualquer outro mineral, e isso ajuda a função do sistema nervoso central...

Fechar