Panax Ginseng - Benefícios para a Saúde
Inhame - Escolher e Conservar

A noz é, definitivamente um alimento essencial para a saúde; este delicioso fruto, rico em ácidos gordos essenciais, é uma óptima fonte de ômega 3 importante na protecção contra as gorduras que o organismo não consegue eliminar.

Os beneficios para a saúde vão desde a protecção cardiovascular, à melhoria das funções cognitivas, como anti-inflamatório – alívio nas crises de asma e nas inflamações da pele (eczemas e psoríase, entre outras)-, à ajuda na prevenção da artrite reumatóide, entre outros.

Para além destes factores, as nozes contêm um composto antioxidante, o chamado ácido elágico, muito importante para o sistema imunitário e na ajuda/prevenção de problemas cancerígenos.
Basta um quarto de xícara para fornecer 90,8% do valor diário necessário destas gorduras essenciais.

Noz e as doenças cardiovasculares

Juntar nozes à sua dieta alimentar habitual pode ser um passo importante para a melhoria da sua saúde cardiovascular. A noz é uma importante fonte de gorduras monoinsaturadas – cerca de 15% da gordura encontrada nas noz é saudável.

Em vários estudos realizados, tem-se verificado que o aumento de ingestão de noz tem efeitos benéficos a nível cardiovascular, ao ajudar a diminuir os níveis de “mau” colesterol.

Num estudo feito para comparar os efeitos da dieta mediterrânea – em que entra o consumo de noz -, com outras dietas, verificou-se que 35% das calorias necessárias eram provenientes das gorduras monoinsaturadas, como é o caso da gordura da noz; neste mesmo estudo verificou-se que 49 pessoas que tiveram na sua dieta alimentar a ingestão de noz, apresentavam níveis mais baixos de “mau” colesteraol (LDL) e de Lp; Lp é uma lipoprotaína que, se atingir níveis elevados, aumenta a coagulação do sangue o que a torna um factor de risco para o aparecimento da aterosclerose.vão).

A Noz e as funções cognitivas

A noz tem sido muitas vezes considerada como um “alimento” para o cérebro e até mesmo a sua forma e o seu aspecto enrrugado são muitas vezes comparados com o aspecto do nosso cérebro.

O nosso cérebro é constituídos por mais de 60% de gordura estrutural, essencial á boa manutenção das células cerebais (neurônios). Para que as células do seu cérebro funcionem adequadamente, é necessária, entre outras, a gordura ômega 3, existente na noz, que protege as membranas celulares; as membranas celulares são as guardiãs das células e qualquer coisa que queira entrar ou sair de uma célula tem que forçosamente atravessar a membrana celular; a gordura ômega 3, especialmente fluida e flexível, torna este processo muito mais fácil, ao maximizar a facilidade de entrada dos nutrientes nas células e eliminar os resíduos tóxicos.

Incluir a noz na sua alimetação é definitivamente uma boa ideia, especialmente quando as células em questão são as do seu cérebro .

Vários estudos epidemológicos feitos em vários países, sugerem uma ligação entre o aumento da taxa de depressão e a redução do consumo de ômega3; nas crianças, a relação entre a baixa ingestão de gorduras ômega-3 e ADHD começou já a ser estudada.

A Noz e a Melatonina – o hormônio que regula o sono

Quer dormir melhor? Ao jantar experimente salpicar as saladas verdes, a salada de frutas ou até mesmo os vegetais cozinhados com nozes e/ou á sobremesa junte nozes ás maçãs ou ás peras cozidas.
A melatonina, um hormônio produzido pela glândula pineal, ligada á indução e à regularização do sono é também um poderoso antioxidante; foi descoberto que existe também nas nozes tornando-as num “remédio” natural perfeito para uma boa noite de sono.

Tem-se vindo a verificar que a melatonina ajuda a melhorar os períodos de sono das pessoas que trabalham em turnos nocturnos e as pessoas que sofrem de jet-leg.

partir dos 40 anos é importante manter níveis adequados de melatonina pois este hormônio começa a perder-se significativamente á medida que a idade avança o que leva á consequente diminuição de antioxidantes, mais tarde mnecessários á protecção do organismo de doenças provocadas pelos radicais livres.

Embora existam várias espécies de nogueiras; três das principais espécies, são a nogueira-comum ou nogueira-persa (Juglans regia), a nogueira-preta ou nogueira-da-américa (Juglans nigra) – as nozes deste tipo de nogueira são conhecidas como “nozes inglesas” já que as semetes chegaram à América através dos navios mercantes ingleses – e a nogueira branca ou “butternut” (Juglans cinerea).

A noz da nogueira comum, a mais popular nos Estados Unidos, caratcteriza-se pela sua casca mais fina, facilmente partida por um quebra-noz; a noz da nogueira preta, tem a casca mais dura, mais dificil de partir e um sabor mais forte, muito acentuado; a noz da nogueira branca apresenta um sabor mais doce é de textura mais oleosa e é mais dificil de encontrar á venda. nutriente essencial para a divisão celular adequada e, portanto, de vital importância para a prevenção do câncer, em duas áreas do corpo que contêm células de divisão rápida, o cólon, e, nas mulheres, o colo do útero.

Panax Ginseng - Benefícios para a Saúde
Inhame - Escolher e Conservar