História do Kale
História da Beterraba

Não é surpreendente que os sete mil anos de história da pimenta caiena e de outras malaguetas estejam associados à América Central e do Sul, regiões cuja gastronomia é famosa pelos sabores quentes e picantes.

O seu cultivo nestas regiões remonta há mais de sete mil anos, sendo vistas primeiramente como um objecto decorativo e mais tarde como um alimento e medicamento.

Até aos séculos XV e XVI, a pimenta caiena e outras malaguetas ainda não tinham sido introduzidas no resto do mundo. Cristóvão Colombo encontrou-as nas explorações das ilhas do Caribe e trouxe-as para a Europa, onde eram utilizadas como um substituto da pimenta preta, que era muito cara naquela época, uma vez que tinha de ser importada da Ásia.

Fernão de Magalhães é creditado com a sua introdução na África e na Ásia, continentes que desde então as incorporaram na sua gastronomia e na sua farmacopeia. A pimenta caiena e as malaguetas são, hoje em dia, cultivadas em todos os continentes, e actualmente a China, a Turquia, a Nigéria, a Espanha e o México estão entre os maiores produtores comerciais.

Produtores comerciais de nozes são os Estados Unidos, a Turquia, a China, o Irão, a França e a Romênia.

História do Kale
História da Beterraba