Prebióticos para uma boa digestão

Benefícios da Quinoa Preta
Benefícios para a Saúde do Açaí

Os Prebióticos estão se tornando mais comum como suplementos e aditivos alimentares que se destinam a promover uma boa digestão. Uma boa digestão, por sua vez, é essencial para a boa saúde. Os Prebióticos diferem dos probióticos, ou bactérias "boas" encontradas naturalmente em seu intestino.

 

Identificação

Prebióticos são carboidratos não digeríveis que são utilizados por bactérias benéficas chamadas de probióticos e que vivem em seu intestino. Prebióticos também podem ser chamados de fibras fermentáveis.A Promoção de probióticos em seus intestinos tem inúmeros benefícios à saúde, inclusive o aumento da sua imunidade e ajudam à digestão, de acordo com a nutricionista Katherine Zeratsky de MayoClnic.com.

Efeitos

Os Prebióticos podem ajudar o seu corpo de várias maneiras, embora a sua eficácia para o tratamento de condições de saúde continua a ser controversa. Eles podem ajudar a normalizar a função intestinal, inclusive ajudando a melhorar a colite, diarréia do viajante e diarréia relacionada a antibióticos, bem como reduzir os problemas associados com a síndrome do intestino irritável.

Os Prebióticos também pode ajudá-lo a melhorar a absorção de cálcio e a função do sistema imunológico. Há interesse em pesquisar os prebióticos para possivelmente verificar se ajudam a reduzir o risco de câncer de cólon. No entanto, é necessária mais investigação para determinar se eles são eficazes para esta finalidade, de acordo com o livro "Os hidratos de carbono não digeríveis e Saúde Digestiva", de Teresa M. Paeschke e R. William Aimutis.

 

Tipos

No Brasil, há três hidratos de carbono comercializados como prebióticos. Estes são inulina, frutanos e lactulose. Frutooligossacarídeos, vulgarmente conhecidos como FOS, são derivados de inulina; galacto-oligosacarídeos, conhecido como GOS, são derivados de lactose.

Outros países como o Japão têm outros oligossacarídeos no mercado, tais como oligossacarídeos de soja, mas muitos deles não são vistos  como prebióticos pela ciência, de acordo com Paeschke e Aimutis.

Os prebióticos no mercado do Brasil são eficazes para aumentar a saúde digestiva com base em mais de um estudo.Os Prebióticos são muitas vezes adicionados aos alimentos, e o mercado para isso foi crescendo rapidamente em todo o mundo até 2010, segundo a Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas.

 

Considerações

Não há orientação padrão para quantos gramas de prebióticos você deve consumir para a saúde digestiva, embora algumas evidências científicas indicam 3 g a 8 g por dia é benéfico. Enquanto que você pode obter prebióticos como suplementos e encontrá-los adicionados aos alimentos processados, eles também estão naturalmente em uma variedade de alimentos. Estes incluem bananas, alcachofras, frutas, mel, produtos lácteos, cevada, chicória, alho, verduras como couve, linho, legumes, alho-poró, cebola e grãos integrais.

 
Benefícios da Quinoa Preta
Benefícios para a Saúde do Açaí

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Benefícios para a Saúde do Açaí

Por muitos séculos, o poder de cura do açaí era desconhecido fora da floresta amazônica, onde este maravilhoso fruto cresce...

Fechar