Timbó do Mato
Propriedades do Coentro

As sementes de linhaça são ricas em ácido alfa linolênico ou ALA, uma gordura ômega-3, que é um precursor dos óleos de peixe – o ácido eicosapentaenóico ou EPA.

O óleo de linhaça tem as gorduras todas concentradas pelo que fornece uma quantidade mais concentrada de ALA do que as sementes; no entanto, perde as restantes propriedades dos nutrientes absorvidos directamente pelas sementes.

O ácido ALA, para além dos seus próprios efeitos benéficos, permite ainda ao organismo convertê-lo em ácido EPA, retirando deste os seus benefícios específicos; no entanto para que se faça esta conversão, é necessária a presença no organismo do enzima delta 6, que não existe em todos os organismos por igual, ou não é igualmente activa em todos; com efeito as funções deste enzima não existem nas pessoas que têm diabetes, ou excesso de gorduras ou de álcool, no organismo, por isso as sementes de linhaça são também utilizadas para fornecer aquelas pessoas as mesmas vantagens dos óleos de peixe.

Benefícios anti-inflamatórios

As gorduras omega-3 são utilizadas pelo organismo para produzir prostaglandinas (PGE) tipo 1 e tipo2; as prostaglandinas são um conjunto de várias substâncias derivadas dos ácidos gordos e funcionam como “mediadores celulares” com efeitos variados e, em muitos casos contraditórios, as PGE tipo 1 são agentes anti-inflamatórios , enquanto as PGE tipo 2 são pró-inflamatórios, produzidos especialmente a partir do ácido ómega 6 (existente em alto grau nas gorduras animais, bem como nas margarinas e nos óleos vegetais – do milho, do cártamo, do girassol, de palma, do amendoim, entre outros).

O ômega-3 pode ajudar a reduzir as inflamações, pelo que é um importante agente no combate à asma, à osteoartrite, à artrite reumatóide, à enxaqueca, e à osteoporose.

As sementes de linhaça e as doenças cardiovasculares, o câncer e a diabetes
As sementes de linhaça são uma fonte rica em gorduras ômega 3, o que ajuda a evitar a formação de coágulos, reduzindo assim o risco de doenças cardiovasculares, de aterosclerose e da diabetes.

As gorduras ômega-3 são também necessárias para a produção de membranas celulares flexíveis; as membranas celulares são as guardiãs das células; a gordura ômega 3, especialmente fluida e flexível, torna o processo de “guardar” as células muito mais fácil, ao maximizar a facilidade de entrada dos nutrientes nas células e eliminar os resíduos tóxicos.

Também na diabetes tem um importante papel ao permitir uma mais fácil absorção de insulina; com efeito membranas mais rígidas (quando a dieta alimentar é especialmente rica em gorduras saturadas e/ou hidrogenadas) dificultam a absorção dos agentes necessários para um organismo saudável. Igualmente a ómega 3 é fundamental na protecção do cólon contra a entrada de toxinas e de radicais livres, reduzindo o risco de câncer do cólon.

 As sementes de linhaça e o cancro da pròstata

As sementes de linhaça, sendo uma fonte rica em ómega 3 e em lignanas, ajuda a diminuir o risco de câncer da próstata; num estudo feito em homens com tumor na próstata a quem foi dado diariamente, um mês antes da cirurgia, 30g de óleo de linhaça, ou 30 g de óleo de linhaça acompanhado por uma dieta alimentar baixa em gordura, e outros que não alteraram a sua dieta alimentar, verificou-se que os que tomaram óleo de linhaça apresentavam francas melhoras do seu estado de saúde.

 Efeitos das sementes de linhaça na saúde das mulheres

As sementes de linhaça têm vindo a demonstrar vários benefícios para a saúde das mulheres.
As sementes de linhaça são particularmente ricas em lignanas, compostos especiais também encontrados noutras sementes, grãos e legumes, que são convertidos pela flora intestinal em duas hormonas, a enterolactone e a enterodiol.

Estas duas hormonas mostraram grande eficácia na protecção contra o cancro da mama; esta é uma das razões porque, associada a uma dieta alimentar rica em vegetais, as sementes de linhaça protegem do risco de câncer de mama.

Em vários estudos efectuados para verificar os efeitos benéficos das lignanas na saúde, verificou-se que uma dieta alimentar equilibrada e que inclua sementes de linhaça reduz em cerca de 55% os riscos de câncer da mama.

As sementes de linhaça e os “calores” (afrontamentos) da menopausa.

Prevenir os olhos secos

A síndrome dos olhos secos (DES) atinge mais de 10 milhões de americanos. As lágrimas artificiais oferecem apenas um alívio temporário. Para além dos medicamentos serem caros e pouco comparticipados, há o perigo de efeitos colaterais potencialmente graves.

Timbó do Mato
Propriedades do Coentro