Spirulina – Perigos para a Saúde

MSG - Perigos para a Saúde
Acônito - Benefícios para a Saúde

Spirulina, ou algas azuis-verdes, é usada como fonte de alimento em algumas partes do mundo, mas no Brasil é mais comumente vendida como uma fonte suplementar de proteína, minerais e vitaminas. Os suplementos de Spirulina devem ser obtidos de uma fonte confiável, é importante ter certeza de que qualquer spirulina que você compra é livre de contaminação de forma que ela não represente um perigo para sua saúde.

 

Definição

A Spirulina é a bactéria primitiva Cyanobacteria. A spirulina selvagem prospera como algas, mas é cultivada em ambientes controlados de suplementos nutricionais. Das mais de 1.500 espécies de spirulina, algumas são seguras para comer, enquanto outras causam gastroenterite e hepatite.

 

Componentes

Spirulina é cerca de 50 por cento a 70 por cento de proteína e fornece todos os aminoácidos essenciais. Ela contém vitaminas A e E, niacina, ácido fólico, tiamina e colina, bem como os minerais potássio na dieta, zinco, cobre e magnésio. Outros constituintes incluem clorofila, e hidratos de carbono, incluindo polissacarídeos. Algas azuis-verdes são uma fonte saudável para o coração de ácidos graxos omega-3 e ômega-6.

 

Perigos à saúde

Efeitos adversos graves ocorrem quando spirulina se torna contaminada com microcistina. A Microcistina é altamente tóxica e pode resultar em danos ao fígado, insuficiência renal, tecido nervoso lesionado, convulsões, parada respiratória, pancreatite aguda e cardiomiopatia. Quando as algas azul-verdes selvagens produzem toxinas podem ser perigosas para os seres humanos e animais. Exposição às flores, seja pela ingestão, contato com a pele ou inalação, pode causar irritação da pele ou dos olhos, erupções cutâneas, reações alérgicas e problemas gastrointestinais.

 

Interações Medicamentosas

A Spirulina podem interagir com medicamentos que suprimem o sistema imunológico, como adalimumab, ciclosporina, metotrexato e etanercepte. Se você toma medicamentos, converse com seu médico antes de consumir algas azuis-verdes.

 

Avisos

Pessoas com fenilcetonúria, nunca devem tomar spirulina, de acordo com a Universidade de Maryland Medical Center. Você também deve evitar algas verde-azuladas se você tiver uma doença auto-imune como a esclerose múltipla, artrite reumatóide ou lúpus, pois poderia piorar o seu estado.

 

Fontes:

 

 

MSG - Perigos para a Saúde
Acônito - Benefícios para a Saúde

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Acônito – Benefícios para a Saúde

O Acônito é um remédio calmante e de cura homeopática que é muitas vezes recomendado para apoio à cirurgia, às...

Fechar