História do Tomilho

Mil Folhas - Efeitos Secundários
História do Alho

O tomilho tem sido usado desde os tempos antigos devido às suas propriedades medicinais, aromáticas e culinárias.

Os antigos egípcios usavam-no como um agente de embalsamamento para preservar os seus faraós mortos. Na Grécia antiga, o tomilho foi amplamente utilizado pelas suas qualidades aromáticas, sendo queimado como incenso em templos sagrados. O tomilho era também um símbolo de coragem e de admiração e a frase “o aroma do tomilho” era um ditado popular que reflectia louvor para a pessoa a que se referia.

A associação do tomilho com bravura manteve-se durante os tempos medievais, altura em que existia um ritual em que as mulheres davam aos seus cavaleiros um lenço que continha um raminho de tomilho colocado sobre uma abelha bordada. Desde o século XVI, o óleo de tomilho tem sido utilizado pelas suas propriedades anti-sépticas, quer em lavagens bucais, quer em aplicações tópicas.

O tomilho é nativo de áreas como a Ásia, o sul da Europa e do Mediterrâneo e é também cultivado na América do Norte.

Mil Folhas - Efeitos Secundários
História do Alho

Poste um comentário

Leia o post anterior:
História das Sementes de Linhaça

As sementes de linhaça têm uma história longa e extensa. Originária da Mesopotâmia, esta semente proveniente da planta do linho...

Fechar