Foto Beterraba #2
Tomilho - Benefícios para a Saúde

O trigo sarraceno é uma variedade de trigo duro.

Embora muita gente pense que o trigo-sarraceno é um cereal, a semente não é uma gramínea dos cereais; na verdade o trigo sarraceno é a semente de um fruto, semelhante ao ruibarbo e às azedas; por vezes é classificada como grão, principalmente quando se trata de uso culinário.

Os grãos são comestíveis e são parecidos com os grãos dos cereais habituais; o trigo sarraceno é uma boa fonte de rutina – um flavonóide.

O trigo sarraceno tem um alto valor energético e nutritivo. Pode ser consumido em grão como alternativa ao arroz, ou em farinha como alternativa à tradicional papa (mingau) de cereais; tem uma grande tradição na cozinha polaca, russa e judaica em que é usado para fazer papas – Kacha -;na cozinha bretã a farinha do trigo sarraceno faz parte da massa dos crepes.

Está á venda o ano inteiro sob a forma de grãos ou de farinha; a farinha pode ser mais escura ou mais clara; de preferência escolha a mais escura pois tem maior valor nutritivo.
Uma vez que o trigo sarraceno não contém glúten por vezes é necessário juntar um pouco de glúten para cozer os grãos .

Por outro lado, porque não contem glúten torna-se uma óptima alternativa para as pessoas com alergia ao glúten, por esta razão, nos Estados Unidos o trigo sarraceno é muito utilizado na preparação das panquecas.

Para ser utilizado como alimento o trigo sarraceno tem que ser descascado e posteriormente triturado, por meio de equipamento especial, dada a sua forma triangular pouco comum.
A flor do trigo sarraceno é muito perfumada, o que atrai particularmente as abelhas levando-as a produzir um mel escuro de sabor especialmente forte.

Foto Beterraba #2
Tomilho - Benefícios para a Saúde