Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

A toranja ajuda na digestão
Fatores que podem provocar o aparecimento de rugas

Desodorantes e antitranspirantes são produtos cosméticos utilizados pela maioria dos adultos no mundo. Estão disponíveis individualmente ou como produtos combinados. Esses artigos de higiene em geral são aplicados diariamente nas axilas na tentativa de mascarar os odores e prevenir a transpiração.

Desodorantes, classificados como agentes cosméticos, têm atividades antimicrobianas para reduzir o crescimento de bactérias, bem como fragrâncias para mascarar quaisquer odores produzidos pelas bactérias.

Antitranspirantes são classificados como drogas e usualmente contêm alumínio em sua formulação, que atua para reduzir a produção de suor pelas glândulas sudoríparas.

Reações

Desodorantes e antitranspirantes são geralmente considerados produtos seguros. No passado, havia a preocupação de que os parabenos (utilizados como um conservante) nesses produtos seriam responsáveis pelo aumento da taxa de câncer de mama nas mulheres. Embora isso tenha sido refutado em uma série de estudos, a maioria dos fabricantes não usa mais parabenos em desodorantes e antitranspirantes. Ao alumínio, encontrado em antitranspirantes, foi atribuído o aumento da doença de Alzheimer. Embora um pouco controversos, alguns estudos mostram um ligeiro aumento no risco de desenvolver a doença de Alzheimer a partir do uso do alumínio contido em produtos cosméticos, como antitranspirantes.

As reações alérgicas a desodorantes e antitranspirantes são conhecidas por ocorrer, o que, na maioria das vezes, resultam em dermatite de contato na área das axilas.

A erupção que ocorre é pruriginosa, irregular e vermelha e pode formar bolhas, casca ou flocos. A dermatite de contato de desodorantes e antitranspirantes é geralmente limitada ao local de aplicação, ou seja, a área das axilas.

Causas

Há uma série de produtos químicos responsáveis ​​pela dermatite de contato de desodorantes e antitranspirantes, sendo mais comuns as fragrâncias.

A alergia à fragrância é muito comum, afetando até 4% de todas as pessoas. Uma vez que 90% dos desodorantes e antitranspirantes contêm fragrâncias, as pessoas com alergia à fragrância podem ter dificuldade em encontrar um produto que não cause uma erupção cutânea.

Outras causas comuns de dermatite de contato para os desodorantes e antitranspirantes incluem propileno glicol (um agente usado como um “veículo” para ingredientes ativos), parabenos, vitamina E (como antioxidante e hidratante) e lanolina.

Diagnóstico

O diagnóstico de dermatite de contato para os desodorantes e antitranspirantes é feito por ensaio do emplastro. Mas é importante que um alergista teste o desodorante ou antitranspirante que é suspeito de provocar o problema em um paciente.

Existem outras causas de erupções nas axilas que não são por dermatite de contato para os desodorantes e antitranspirantes. Essas incluem (mas não estão limitados a) infecções fúngicas e de levedura (tais como Tinea corporis e candidíase), psoríase inversa, Acantose nigricans e certas formas de câncer. Se os tratamentos são ineficazes, uma pessoa com uma erupção nas axilas persistente deve ser avaliada por um dermatologista, com a consideração de uma biópsia da pele.

Tratamento

O tratamento imediato da dermatite de contato ou alergia do desodorante ou antitranspirante envolve o uso de corticosteroides tópicos sobre a pele das axilas. Os corticosteroides tópicos são o tratamento de escolha para a dermatite de contato moderada envolvendo áreas limitadas do corpo. As formas graves podem necessitar de corticosteroides orais ou injetados.

O tratamento em longo prazo da alergia a desodorantes e antitranspirantes envolve evitar o produto químico responsável pela reação. Se o teste de alergia identifica o produto químico específico, ele deve ser evitado. Se a causa da dermatite de contato não é conhecida, uma fórmula hipoalergênica de um desodorante ou antitranspirante pode ser tentada.

A toranja ajuda na digestão
Fatores que podem provocar o aparecimento de rugas

Poste um comentário

Leia o post anterior:
É seguro levar o meu bebê à igreja?

Depois que seu bebê nasce, amigos e familiares ficam ansiosos para conhecê-lo – o que inclui a sua família da...

Fechar