Como detectar os sintomas de desidratação

Por que as mulheres casadas têm casos?
Os efeitos colaterais ruins da limpeza do cólon

Os doentes desidratados estão com insuficiente líquido (água) no sangue para obter nutrição e oxigênio para os tecidos. Você pode tornar-se desidratado por suar muito, urinar em demasia ou por não absorver água em razão de alguma doença. Todas essas questões devem também ser acompanhadas de um não reabastecimento do líquido perdido. Em muitos casos, os pacientes podem corrigir a desidratação simplesmente bebendo água potável.

Os sintomas de desidratação: como saber se você está desidratado

É importante reconhecer os sintomas de desidratação cedo.

Às vezes você pode não se sentir normal, ou pode notar alterações na sua pele, como impressões, que é quando a pele não achata após ser comprimida. Se não for tratada, a desidratação pode evoluir para choque. Os sinais e sintomas de desidratação incluem:

  • tontura
  • dor de cabeça
  • urina escura (pode ter um odor forte)
  • incapacidade de urinar
  • boca e nariz secos
  • fraqueza
  • náusea e vômito
  • pele que não achata quando comprimida e liberada

Os sintomas de desidratação em crianças:

  • boca e língua secas
  • sem lágrimas quando choram
  • fraldas não molhadas durante 3 horas ou mais
  • abdômen, olhos ou bochechas afundados
  • febre alta
  • apatia ou irritabilidade
  • pele que não achata quando comprimida e liberada
  • provoca desidratação

A desidratação é sempre causada por mais fluido deixando de entrar no corpo. A água só deixa o corpo de três maneiras: você pode suar, respirar profundamente ou urinar.

A sudorese pode ser de exercício, calor ou ambos. Alguns medicamentos também podem fazer suar mais.

Respirar fortemente durante o exercício ou quando falta ar por longos períodos de tempo puxa uma quantidade notável de água para fora do corpo. Quando você se exercita, um monte de peso da água que pensou que estava suando na realidade você perdeu por estar respirando pesadamente.

A micção excessiva pode levar à desidratação muito rapidamente. Algumas das causas mais comuns de micção excessiva são medicamentos diuréticos (comprimidos de água), álcool e condições médicas tais como açúcar elevado no sangue (hiperglicemia, uma condição vista no diabetes sem tratamento).

Vômitos e diarreia também são causas comuns de desidratação. Se você estiver vomitando ou com diarreia, seu corpo não está absorvendo adequadamente os líquidos.

Os sintomas de desidratação em idosos

Os sintomas da desidratação em idosos podem ser diferentes do que em adultos jovens e crianças. Alguns medicamentos ingeridos pelos idosos são muito mais propensos a causar desidratação nessa população. Um sintoma particular de desidratação que é mais pronunciado nos idosos é a fraca elasticidade da pele. Quando a pele é comprimida, ela mantém sua forma em vez de retornar à sua forma normal.

O tratamento para a desidratação

A melhor cura para a desidratação é a prevenção: manter-se hidratado. Obter água suficiente através de bebidas e alimentos. Seu consumo total de água por dia (todos os líquidos e alimentos, incluindo café, água, leite, sopa etc.) deve ser de cerca de 2 litros. Lembre-se: algumas substâncias podem fazer você fazer mais xixi, o que leva a perder mais água do que ganha. O álcool é o principal culpado por micção excessiva.

Quando a desidratação fica ruim o suficiente para causar sintomas, a água pode não ser suficiente para fazer você sentir-se melhor.

A desidratação ocorre quando o corpo perdeu muito fluido e eletrólitos (sais de potássio e de sódio). A desidratação é particularmente perigosa para crianças, que podem morrer com ela em questão de dias. Embora a água seja extremamente importante na prevenção da desidratação, ela não contém eletrólitos.

Por que as mulheres casadas têm casos?
Os efeitos colaterais ruins da limpeza do cólon

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Sintomas e causas da tosse de fumante

O que é a tosse de fumante? A tosse de fumante é uma tosse persistente que se desenvolve em longo...

Fechar