Como diminuir a ingestão de sódio

Dor no pescoço e quiropraxia
Uma entorse de pé e tornozelo

O excesso de sal na alimentação pode causar retenção de água. Esse fluido extra no organismo pode ser ruim para coração e vasos sanguíneos, causando pressão arterial elevada, que pode ter como consequência doença cardíaca ou acidente vascular cerebral, e aumentando o risco de pedras nos rins e perda óssea.

Seu corpo precisa de um pouco de sódio, a substância química que compõe o sal de cozinha, mas a quantidade real de ingestão recomendada é de apenas 200 mg por dia. Uma colher de chá de sal tem cerca de 2.300 mg de sódio. Isso é mais de 10 vezes a quantidade que você precisa em um dia. A maioria dos americanos consome  de 3.000 a 3.600 mg de sal diariamente. Médicos e institutos de saúde sugerem que a maioria das pessoas deve cortar sua ingestão diária de sal para não mais de 1.500 mg.

Veja como você pode reduzir o sal em sua dieta:

Na cozinha

  • Reduza a quantidade de sal ao meio quando cozinhar a partir de uma receita. Melhor ainda se deixá-lo completamente de fora. Em vez disso, use ervas e especiarias. Temperos que não têm sódio são as melhores escolhas. Por exemplo, pó de alho ou alho picado é melhor do que o sal de alho. Algumas misturas de especiarias vêm em uma versão livre de sal.
  • Não adicione sal à água quando cozinhar arroz ou macarrão ou preparar cereal quente.
  • Compre legumes frescos. Legumes congelados são muito bons. Mas se você comprar enlatados, olhe para os rótulos e verifique se são “sem adição de sal.” Por outro lado, frutas e legumes frescos têm muito pouco sódio. Uma nota: cuidado com os picles. Eles geralmente são ricos em sal.
  • Lave atum, feijão, mariscos e outros alimentos enlatados com água fria antes de usar.
  • Elimine ou use com moderação: molho de soja (tanto o regular como o light), molho teriyaki, molho inglês e molho de taco.

Nas compras

  • Aprenda a ler rótulos. Os alimentos que são pobres em sódio terão menos de 140 mg por dose, ou menos do que 5% do valor diário. Sal também pode ser escondido em outros ingredientes: glutamato de monossódio (MSG), bicarbonato de sódio, fermento em pó, fosfato dissódico e qualquer outro composto que tenha “de sódio” ou o símbolo químico “NA” em seu nome.
  • Evite sopas enlatadas ou caldos, arroz e massas prontas em pacotes. São produtos tipicamente com teor mais elevado de sal. Tente versões de baixo teor de sódio, em vez disso.
  • Procure queijo e outros alimentos que são rotulados como “baixo teor de sódio”, “redução de sódio” ou “sem adição de sal”. Outras opções: “sem sal” ou “isento de sódio”.
  • Evite salgadinhos como batata frita, amendoim e pretzels. Se você quiser chips, castanhas e pretzels, escolha as versões sem sal ou faça em casa.
  • Evite ou limite esses alimentos em sua dieta, porque são muito ricos em sal: bacon, mortadela, carnes empanadas congeladas, frios, cachorros-quentes e salsichas, sardinhas e peixe defumado.

À mesa

  • Mantenha o saleiro de mesa na cozinha. Se você está acostumado a salgar sua comida, reduza gradualmente a quantidade de sal que adicionar em suas refeições. Dentro de 6 a 8 semanas, verá que não precisa mais adicionar sal.
  • Polvilhe vinagre ou suco de limão em seus vegetais, no lugar do sal.
  • Deliminte suas porções. Se você quer algo salgado como um deleite agora, então OK. Basta comer um pouco. E deixar outros itens salgados fora de seu prato.
  • Ao jantar fora, peça para que informem ao chef que você está regulando o seu sódio e que ele não adicione qualquer sal em seu prato.
Dor no pescoço e quiropraxia
Uma entorse de pé e tornozelo

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Uma entorse de pé e tornozelo

Uma entorse ocorre quando há danos a um ligamento. Isso é diferente de uma tensão, que é uma lesão de...

Fechar