Como engravidar quando o revestimento uterino possui grande espessura

Vitaminas das azeitonas
Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

O revestimento do útero é o local de implantação do embrião, portanto, um revestimento saudável é essencial para a gravidez. O revestimento uterino é derramado a cada mês com o fluxo menstrual, que é misturado com o sangue dos tecidos e os restos celulares. A espessura média de revestimento depois de terminar o período menstrual é de cerca de 3 milímetros. O forro engrossa sob a influência do estrogênio e normalmente atinge uma espessura de 6 a 13 mm no momento da ovulação. Se o revestimento é mais espesso do que 15 mm, o embrião pode ter problemas para implantação. Medições do revestimento uterino podem ser feitas por meio de ultrassom pélvico. Um revestimento excessivamente espesso é conhecido como hiperplasia do endométrio.

Passo 1

Avaliar o revestimento do útero por meio de um ultrassom. Os ultrassons não são invasivos, são indolores e precisos. Se o seu revestimento é anormalmente espesso, medicamentos podem ser prescritos para que ele seja derramado.

Passo 2

Tomar medicações prescritas para verter o revestimento. Medroxiprogesterona, uma forma sintética de progesterona, é frequentemente prescrita durante 14 dias e depois interrompida de modo que o período menstrual comece, uma vez que a progesterona é o hormônio que mantém o derrame do período. Se você não está produzindo estrogênio suficiente durante o seu ciclo, o médico pode prescrever estrogênio juntamente com a medroxiprogesterona, ou pílulas anticoncepcionais em uma formulação que inclui tanto estrogênio sintético quanto progesterona.

Passo 3

Verificar novamente o revestimento do útero através de ultrassom, uma vez que a menstruação comece. Se o revestimento é ainda mais espesso do que o normal, converse com seu médico sobre a próxima etapa. Ele pode recomendar fazer uma biópsia endometrial, em que uma pequena parte do revestimento é removida e testada para garantir que não há células anormais que possam estar causando o espessamento.

Passo 4

Realizar uma biópsia de endométrio, se o seu médico indicar. Este procedimento é muitas vezes feito entre os dias 22 e 24, quando, teoricamente, você poderia estar grávida, mas de acordo com linha principal da infertilidade as chances de isso estar acontecendo são baixas.

Passo 5

Considerar a ingestão de pílulas anticoncepcionais por vários meses, se a biópsia não apresentar problemas. O seu médico pode sugerir pílulas anticoncepcionais ou estrogênio e medroxiprogesterona durante vários meses para diluir o forro e mantê-lo sem acumular novamente.

Passo 6

Uma dilatação e curetagem, também conhecida como D&C, podem remover o revestimento espesso, se nenhum outro método funcionar. O forro é raspado com um procedimento cirúrgico. Assim que seu médico der o ok, você pode tentar engravidar.

Vitaminas das azeitonas
Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

Desodorantes e antitranspirantes são produtos cosméticos utilizados pela maioria dos adultos no mundo. Estão disponíveis individualmente ou como produtos combinados....

Fechar