Como os cavalos ajudam nos problemas de saúde mental

Quando a cirurgia plástica se torna uma dependência
Como se livrar de um namorado possessivo

Humanos e cavalos mantiveram um relacionamento saudável por milênios – pesquisas sugerem que as pessoas domesticaram os grandes ungulados há 6 mil anos, na região oeste da estepe euroasiática. Mas, longe de serem os simples animais de carga ou ferramentas de transporte que eram no passado, os cavalos hoje se tornaram atores-chave na reabilitação mental de muitas pessoas ao redor do mundo.

A terapia assistida por cavalos (TAC) é um termo guarda-chuva abrangendo várias atividades terapêuticas envolvendo cavalos. A hipoterapia, por exemplo, utiliza o movimento de cavalos para terapia física, ocupacional ou fonoaudiológica, e tem sido usada para tratar problemas motores e sensoriais associados à paralisia cerebral, esclerose múltipla e acidente vascular cerebral, entre outras coisas. Embora os cavalos tenham sido utilizados para terapia física desde pelo menos o século V a.C., a disciplina formal da hipoterapia não foi estabelecida até a década de 1960.

Por outro lado, a psicoterapia assistida por cavalos – um tipo de psicoterapia experiencial que usa cavalos para ajudar no tratamento de problemas psicológicos e comportamentais – é uma atividade muito mais nova e que não é amplamente praticada ainda, mas um campo de rápido crescimento.

Como os cavalos ajudam

Enquanto os cientistas já entendem bem como o movimento rítmico dos cavalos pode ajudar com problemas motores e sensoriais, a maneira como os cavalos podem auxiliar com problemas mentais ou comportamentais ainda não foi completamente bem elaborada.

O mecanismo de ação das terapias com equinos ainda não foi bem estabelecido com relação a atividades não fisiológicas e sem mobilidade. No entanto, de forma prática, existem algumas perspectivas teóricas.

Por um lado, os cavalos são animais de fuga, ou seja, uma presa. Por isso, estão mais bem sintonizados com a atividade ambiental e sensíveis aos estados emocionais das pessoas do que os cães e outros animais tipicamente usados ​​em terapias assistidas.

Eles são capazes de ler ou tomar consciência de como o paciente está se sentindo antes mesmo de o paciente estar ciente disso. Então, o cavalo dá o feedback ao paciente, ou seja, dá uma resposta, movendo-se para perto ou para longe.

Além disso, os cavalos são grandes e poderosos e têm o potencial de permitir que as pessoas superem o medo e desenvolvam a confiança que pode ser traduzida em situações da vida real. Eles também podem ajudar a deixar as pessoas à vontade porque são imparciais e sem julgamento, respondendo apenas à intenção e ao comportamento das pessoas. Além disso, eles são animais sociais com personalidades próprias e estão dispostos a interagir quando as pessoas estão envolvidas e trabalham para construir um relacionamento com elas.

Usos e benefícios da TAC

A TAC foi utilizada no tratamento de uma gama de condições, incluindo:

  • Depressão
  • Transtorno de estresse pós-traumático
  • Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
  • Ansiedade
  • Problemas comportamentais, incluindo comportamento agressivo
  • Abuso de substância
  • Transtornos alimentares, incluindo anorexia e bulimia
  • Problemas de relacionamento
  • Questões de comunicação
Quando a cirurgia plástica se torna uma dependência
Como se livrar de um namorado possessivo

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Benefícios dos florais de Bach

Existem 38 florais desenvolvidos por Edward Bach (1886-1936), um médico britânico que se voltou para a natureza para ajudar a...

Fechar