Como saber se seu tornozelo está quebrado

Ligação entre dores de cabeça e hormônios
Reações negativas a um anúncio de gravidez

Deformidade

Existem dois tipos de pistas sobre se um osso está quebrado ou não. Elas são chamadas de sinais e sintomas. Os sintomas são coisas que só o paciente pode sentir, enquanto os sinais são coisas que qualquer um (paciente ou não) pode ver ou tocar. Basicamente, ficaremos com a terminologia do sinal, que são coisas que você pode encontrar ao ler sobre o assunto.

O único sintoma de um tornozelo quebrado

Para deixar os sintomas fora do caminho, você deve saber que um tornozelo quebrado só tem um: dor.

Um tornozelo quebrado dói. E dói mais quando você o move. Dói mais enfaticamente ainda se você tentar ficar de pé ou colocar peso sobre ele. A recomendação é: não faça isso.

Sinais, sinais, em toda parte há sinais

A única maneira segura de saber se qualquer osso está quebrado é ver o osso realmente quebrado. Esse é o sinal que esclarece qualquer dúvida.

Você definitivamente pode ver se um osso está quebrado se olhar para ele diretamente a olho nu, mas em geral há um monte de carne e sangue no caminho. Normalmente, você precisa usar um raio-x para ver um osso quebrado. Claro que, quando as extremidades quebradas de um fêmur estão saindo de sua coxa, não restam dúvidas. Em geral, se há alguma fissura ou fratura em um osso você precisará de um raio-x para o diagnóstico.

Um dos sinais de um tornozelo quebrado que normalmente podemos ver é a deformidade. Esse é um termo médico para um osso que está deformado. É quando uma parte da anatomia não está da maneira que deveria ser em seu estado normal. Pode ser um osso que está dobrado no lugar errado ou um pé que está torcido em um ângulo estranho. Ela também pode ser tão simples como um tornozelo grosseiramente inchado.

Inchaço é uma forma muito comum de deformidade e é constiuído a partir de sangue ou outro fluido acumulado no local da lesão. O inchaço não é um grande indicador de uma fratura porque vem de tecidos moles – que são a carne e o sangue – que não podem ser “quebrados”.

Descoloração

Nódoas negras é outro sinal comum de um tornozelo quebrado. Suponho que se você quer ser literal, nódoas negras ainda é um tipo de deformidade. Quer dizer, uma grande e feia contusão significa que a anatomia não é formada corretamente. Mas, para ficar mais claro, vamos mantê-los separados.

Hematomas ou descoloração se dá a partir do sangue. Normalmente, o sangue contido nos vasos sanguíneos (artérias e veias). Depois de uma lesão, é comum ter vazamentos de sangue para fora dos vasos sanguíneos, invadindo carne e músculo, onde você pode vê-lo.

Há mais um sinal comumente associado com ossos quebrados: crepitação. Este é mais difícil de imaginar. Ele não pode ser visto, mas pode ser sentido. São os pedaços quebrados de osso em atrito uns com os outros, com movimento ou manipulação da lesão. A pessoa sente ou descreve a sensação como se fosse um saco de cascalho. Não tem graça.

O raio-x

O teste definitivo para um osso partido é um raio-x. Há uma linha tênue entre uma fratura e uma entorse, então um raio-x é, muitas vezes, a única maneira de ver a diferença. O tratamento de uma lesão no tornozelo começa com um raio-x.

Ligação entre dores de cabeça e hormônios
Reações negativas a um anúncio de gravidez

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Vitaminas para aliviar uma bexiga hiperativa

A bexiga hiperativa ocorre quando ela é incapaz de funcionar normalmente. Uma bexiga hiperativa provoca vontade súbita de urinar e...

Fechar