Consumo excessivo de cafeína

Como se livrar de um namorado possessivo
Quais frutas ajudam a aumentar o crescimento muscular?

Você confia no seu café da manhã para sair de casa e, chegando ao serviço, alcançar outro copo assim que começa a trabalhar? Você pode estar alimentando um vício em cafeína. E uma vez que você está viciado, deixar o hábito pode ser difícil.

Droga mais comum de alteração do humor no mundo, a cafeína é um estimulante suave que funciona no sistema nervoso central. Ela pode torná-lo mais alerta, dar-lhe um impulso de energia e evitar que você esteja dormindo quando precisa ficar acordado.

Porém, a síndrome de abstinência da cafeína pode produzir neblina cerebral (confusão mental), fadiga ou sonolência e dor de cabeça.

A cafeína pode ser encontrada em muitos produtos como chá, refrigerantes, bebidas energéticas e alguns medicamentos sem receita médica, mas o café é a principal fonte dietética de cafeína entre os adultos americanos. Geralmente, três copos de 240 ml de café por dia são considerados consumo moderado e não o prejudicarão. No entanto, o uso excessivo de cafeína – mais de 10 xícaras de café de 240 ml por dia – pode produzir efeitos colaterais físicos, incluindo tremores, ansiedade, insônia e uma crise de fadiga extrema uma vez que a cafeína comece a desaparecer do organismo (como uma síndrome de abstinência).

Fazer chá sem cafeína, escolher refrigerantes sem cafeína e misturar café descafeinado com café regular pode ajudar a reduzir a quantidade de cafeína que você consome.

Sintomas de retirada de cafeína

A confusão mental e a dor de cabeça que algumas pessoas sentem se não obtêm a sua quantidade típica de café ou outra bebida com cafeína podem ser um sinal de síndrome de abstinência da cafeína, de acordo com um estudo recente.

Uma análise de 66 estudos experimentais e levantamentos sobre a retirada da cafeína indenficou os seguintes sintomas comuns:

  • Dor de cabeça
  • Fadiga ou sonolência
  • Depressão e irritabilidade
  • Dificuldade em se concentrar
  • Sintomas gripais, incluindo náuseas, vômitos e dores musculares

Normalmente, os sintomas começam 12 a 24 horas depois da suspensão da cafeína e atingem o pico dentro de um a dois dias. Alguns indivíduos relataram sintomas que eram tão graves que não podiam funcionar sem a cafeína. Geralmente, os consumidores mais pesados ​​de cafeína relataram os sintomas mais graves, mas mesmo as pessoas que deixaram de tomar 100 mg ou uma xícara de café regular apresentaram sintomas de abstinência. Os participantes do estudo concordaram que evitar os sintomas da retirada ajudou a motivá-los a continuar usando cafeína.

A tolerância à cafeína está em ascensão

Um estudo revelou que as pessoas podem parar de sentir os efeitos da cafeína ou se tornarem tolerantes, levando à necessidade de mais e mais cafeína para se sentirem alertas. Porém, a maioria das pessoas encontra um nível confortável e fica com isso. Geralmente, não continua aumentando para sempre, e nem todos os usuários de cafeína desenvolvem tolerância. No entanto, doses elevadas de cafeína (mais de 750 mg ao longo de vários dias) podem produzir tolerância completa. Isso significa que a droga já não tem um efeito discernível.

Como se livrar de um namorado possessivo
Quais frutas ajudam a aumentar o crescimento muscular?

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Que vitaminas ajudam seu sistema imunológico?

As vitaminas têm propriedades para ajudar a combater uma variedade de doenças e proteger o corpo de danos nas células....

Fechar