Desequilíbrios hormonais que podem tornar difícil engravidar

Vitaminas das azeitonas
Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

Uma série de hormônios afeta o trato reprodutivo. Engravidar requer que o delicado equilíbrio dos hormônios esteja intacto. Qualquer perturbação no equilíbrio hormonal pode resultar em problemas menstruais que impedem a gravidez. O ciclo menstrual depende de um equilíbrio de estrogênio, uma forma de estradiol, do hormônio folículo-estimulante (FSH), do hormônio luteinizante (LH) e da progesterona, assim como de outros hormônios.

Amenorreia

Amenorreia significa uma ausência de períodos menstruais. Quando você não está tendo qualquer período, o equilíbrio dos hormônios geralmente está afetado. Vários tipos de desequilíbrio hormonal podem causar amenorreia: altos níveis de FSH (geralmente devido à insuficiência prematura do ovário), menopausa ou perimenopausa – o período de vários anos antes da menopausa –, assim como baixos níveis de estrogênio, que muitas vezes acompanham os níveis elevados de FSH. Os níveis elevados de prolactina, um hormônio produzido pela hipófise durante a lactação ou resultado de tumores hipofisários (entre outras causas), também pode provocar amenorreia.

Ciclos menstruais curtos

Os ciclos menstruais consistem geralmente de cerca de 14 dias de desenvolvimento folicular (ou ovo) e 14 dias da fase lútea, ou fase de pós-ovulatório, por isso, qualquer coisa que encurte uma dessas fases pode resultar em períodos irregulares. Períodos que ocorrem em intervalos mais próximos de 28 dias podem ser devido a níveis elevados de estrogênio. Esses resultam em um ovo a ser produzido no início do ciclo menstrual, antes do 14º dia. Os ciclos curtos também podem estar relacionados com níveis baixos de progesterona depois da ovulação, uma condição conhecida como defeito da fase lútea. Os baixos níveis de progesterona não podem manter o revestimento do útero após a ovulação por um total de 14 dias.

Ciclos menstruais longos

Longos ciclos menstruais, ou períodos que demoram mais do que a cada 35 dias, podem ser causados pela síndrome do ovário policístico (SOP). A SOP é ocasionada por um aumento do nível dos hormônios masculinos (androgênios). Assim como um desequilíbrio na proporção de LH para FSH, que é normalmente de 1:1, mas muda para 2:1 na SOP, também pode causar períodos mais afastados.

Anovulação

Baixos níveis do hormônio LH podem resultar em uma síndrome chamada folículo luteinizado não roto, conhecida pela sigla em inglês LUF. Na LUF, um ovo desenvolve-se em um folículo, mas o nível de LH não sobe alto o suficiente para causar a liberação do óvulo, resultando em uma falta de ovulação (anovulação).

Os sintomas físicos

Os sintomas físicos de desequilíbrio hormonal dependem do tipo de desequilíbrio que está presente. As mulheres com SOP têm excesso de pelos, são mais propensas a ter diabetes e também mais inclinadas a ter excesso de peso. Altos níveis de prolactina podem causar galactorreia, ou leite vazando.

Vitaminas das azeitonas
Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Alergia a desodorantes e antitranspirantes: como tratar?

Desodorantes e antitranspirantes são produtos cosméticos utilizados pela maioria dos adultos no mundo. Estão disponíveis individualmente ou como produtos combinados....

Fechar