Doença de altitude

Maquiagem orgânica: benefícios para sua pele
Olhos secos e lentes de contato

Normalmente, se você vive perto do nível do mar e viaja para uma alta altitude, pode desenvolver a doença de altitude. Veja aqui os sintomas e o que fazer se ficar doente.

O que é a doença de altitude?

A doença da altitude, também conhecida como doença das alturas ou mal da montanha, é causada pelos níveis baixos de oxigênio no ar em altitudes acima de cerca de 2.500 metros. Ela ocorre quando o corpo não teve tempo para se ajustar a menos oxigênio.

Esse mal pode afetar qualquer pessoa – ser jovem ou fisicamente apto não diminui o risco. Se vai ou não desenvolver a doença pode depender de:

  • a sua altura acima do nível do mar
  • o tempo que você levou para fazer a subida
  • se tem ou não quaisquer problemas que afetam seu coração e pulmões.

A doença de altitude pode inclusive ser fatal se não for tratada.

Quais são os sintomas da doença de altitude?

Se você tiver a doença de altitude, é provável que se sinta tonto e fraco, e também pode ter dor de cabeça e sentir náuseas. Você pode sentir como se estivesse de ressaca.

A doença de altitude pode, às vezes, afetar os pulmões, caso em que é conhecida como edema pulmonar da alta altitude (HAPE). Pessoas com HAPE podem sentir falta de ar, ter tosse e coração acelerado. Em casos extremos, os lábios ficam azuis.

Essa enfermidade também tem a capacidade de deixar o cérebro inchado em algumas ocasiões, com líquido, o que é conhecido como edema cerebral de alta altitude (HACE). Pessoas com HACE podem sentir-se confusas, irritadas e comportarem-se de forma errática.

Ela pode ser pior à noite e durar dias, mesmo se você não mudar de altitude.

Como é tratada a doença de altitude?

Se tiver a doença de altitude, deve permanecer na mesma altitude ou ir mais para baixo até que os sintomas desapareçam. Descanso, líquidos e analgésicos são suscetíveis de melhorar os sintomas. Não continue a subir, indo ainda mais alto.

É melhor não beber álcool ou tomar sedativos ou pílulas para dormir porque interferem com a adaptação do organismo à altitude.

Se você tem sinais de doença de altitude afetando seus pulmões ou cérebro, essa é uma emergência médica. Você precisa de ajuda para descer o mais rápido possível. Respirar oxigênio de um tanque pode ajudar.

Como a doença de altitude pode ser evitada?

Se você está planejando viajar para um lugar de altitude elevada, considere falar com seu médico sobre medicamentos que podem ajudar com a aclimatação, especialmente se já teve a doença de altura antes.

Você pode reduzir a chance de contrair a doença de altitude se:

  • evitar uma rápida ascensão do nível do mar – não vá acima de cerca de 2.500 metros na primeira noite de sono;
  • uma vez que você ficar acima de 3.000 metros, não subir mais de 500 metros por dia;
  • passar a noite abaixo da maior altitude do dia;
  • evitar exercícios extenuantes antes de seu corpo ter tempo para se adaptar aos níveis mais baixos de oxigênio;
  • evitar álcool em altitudes elevadas.

Se você tem um problema médico que afeta seus pulmões, coração ou circulação, terá maior risco de contrair a doença de altitude.

Maquiagem orgânica: benefícios para sua pele
Olhos secos e lentes de contato

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Olhos secos e lentes de contato

Se você tem olhos secos, as lentes de contato podem ser um pesadelo. Com olhos saudáveis, uma camada muito fina...

Fechar