É possível apoiar o peso em uma perna quebrada?

Por que eu não posso recordar meus sonhos quando acordo?
Melhores e piores presentes para um paciente hospitalizado

Há uma crença especialmente comum entre treinadores e pais de jovens atletas de que se você suportar colocar peso sobre uma perna ferida, ela não deve estar fraturada. Paramédicos de ambulâncias que socorrem pessoas vítimas de acidentes ou quedas dizem que uma das perguntas mais comuns de se ouvir é: “Eu estou andando sobre a perna, então quer dizer que ela não está quebrada, certo?”

A resposta é: um osso pode estar quebrado e ainda apoiar o seu peso.

Fratura grave

Fraturas podem variar em forma, tamanho e severidade. Às vezes, uma fratura completa não será capaz de transportar ou suportar o seu peso ou não funcionar corretamente. Na maioria das vezes, no entanto, as fraturas podem realmente suportar o peso. Você provavelmente pode até mesmo ficar em pé em sua perna quebrada – mas é claro que vai doer muito.

Honestamente, a menos que o osso esteja saindo ou a sua perna esteja dobrada em um lugar onde não é suposto dobrar, então não há nenhuma maneira de saber com certeza se o seu osso está quebrado sem fazer um raio-x. Se houver alguma deformidade anormal ou você sentir uma sensação de estalar os ossos ou de moagem quando mover a perna (crepitação), aí sim uma aposta em um osso fraturado seria mais segura, mesmo que você ainda possa ser capaz de mancar para o carro.

Alguns dos piores ossos quebrados – do tipo que requerem cirurgia para curar corretamente – ainda podem suportar o peso ou mover-se da maneira que é suposto mover.

Quando ir ao médico

Há alguns sinais de uma possível fratura que merecem uma visita ao médico, mesmo que o braço ou a perna acabe por não ter uma fratura no final das contas.

Ter um desses sinais é preocupante; ter todos esses é uma lesão muito ruim.

Nódoas negras. Quando uma perna ou um braço está preto ou azul, um pouco de sangue vazou para os tecidos. O sangue é capaz de escoar para fora dos capilares onde deveria ficar porque alguma coisa (músculo, gordura, pele ou osso) está rasgada ou quebrada.

Inchaço. Tudo o que conduz a uma acumulação de fluido extra nos tecidos moles (músculo, osso e gordura) causa inchaço. Lesões podem quebrar as células e causar vazamento do líquido nos espaços do tecido. Vazamento de sangue a partir de capilares também leva ao inchaço. Colocar gelo em uma lesão faz com que as artérias que alimentam os capilares quebrados encolham e diminua o fluxo de sangue, o que ajuda a reduzir o inchaço (ou, pelo menos, a não deixá-lo ficar pior).

Deformidade. Quando o osso está quebrado e saindo em um ângulo estranho, chamamos isso de deformidade. Mas é apenas porque está deformado.

Crepitação. Tal como descrito anteriormente, a crepitação é uma sensação de estalar ou de moagem que vem dos pedaços quebrados de osso esfregando-se. Na pior das hipóteses, a crepitação é sentida como apertar um saco de cascalho. No mínimo, sente-se como esfregar as pontas quebradas de um pedaço de giz.

Por que eu não posso recordar meus sonhos quando acordo?
Melhores e piores presentes para um paciente hospitalizado

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Comer beterraba provoca hematúria?

A Urina normalmente aparece nas cores amarelo claro ou âmbar escuro. No entanto, certos alimentos, tais como beterraba, podem mudar...

Fechar