Feno-grego para combate aos danos no fígado

Os benefícios do probiótico Lactobacillus gasseri
Como se desculpar de uma forma mais sincera

São conhecidas as indicações do uso de feno-grego para estimular a produção de leite entre mães que amamentam e como uma ajuda herbal para diabetes. É também reconhecida sua utilização para tratamento da perda de apetite e inflamação da pele. Essa erva, nativa da área do Mediterrâneo da Europa, também pode ter propriedades de proteção hepática. No entanto, estudos recentes não comprovaram o uso de feno-grego para qualquer condição de saúde, exceto para diabetes. Por isso, sempre consulte um médico antes de tentar usar feno-grego para fins medicinais.

Efeitos

O feno-grego ajuda a proteger o fígado contra o dano induzido pelo álcool. Um estudo examinou os efeitos do extrato de polifenol de semente de feno-grego sobre o colágeno e os lipídios do fígado em ratos com o fígado danificado. Pessoas que são alcoólatras crônicas têm fígados gordurosos e fibrose, que se caracteriza pela acumulação de colágeno.

A pesquisa ministrou a ingestão de álcool e feno-grego ao mesmo tempo em ratos. A erva teve uma influência positiva nos perfis de colágeno e lipídios. O estudo foi feito em ratos, no entanto, são necessários ensaios humanos para ver se os benefícios também são apresentados em humanos.

Significado

O feno-grego ajuda a aumentar os níveis de enzimas antioxidantes no fígado, o que ajuda a contrariar os efeitos da exposição crônica ao álcool, de acordo com um estudo. O efeito do feno-grego é comparável à silimarina, o flavonoide protetor do fígado encontrado no cardo-mariano.

Teorias/especulação

O feno-grego é um hepatoprotetor, o que significa que tem propriedades protetoras do fígado, provavelmente devido aos seus produtos fitoquímicos. Esta erva é especialmente rica em saponinas esteroides. A saponina principal encontrada no feno-greco é a diosgenina, que também é encontrada em inhame selvagem e às vezes é usada em formulações para aliviar os sintomas da menopausa.

Potencial

Os fitoquímicos do feno-grego têm o potencial de desempenhar um papel importante na prevenção da toxicidade induzida por pesticidas no fígado e nos rins. Um estudo que examinou a toxicidade causada pela cipermetrina, descobriu que a erva protege contra danos hepáticos causados ​​por este agente de controle de pragas, em parte, ajudando a manter os níveis de lipídios sob controle.

Atenção

A pesquisa em animais sobre a toxicidade do feno-greco revela que doses muito grandes da erva podem levar à hepatite leve. Estudos sobre grandes doses de feno-grego em quatro órgãos-alvo – fígado, estômago, rim e intestino grosso – revelam que o fígado é o único afetado pelas altas doses.

Os benefícios do probiótico Lactobacillus gasseri
Como se desculpar de uma forma mais sincera

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Dores de cabeça devido ao baixo nível de vitamina D

Você já ouvir falar sobre nível de vitamina D no organismo? Seu médico verifica seu nível em seu check-up anual?...

Fechar