Ganhar peso devido à ingestão de glutamina

Se ganhar músculo também ganho peso?
Tratamentos para a incontinência urinária em adultos

A glutamina é um aminoácido essencial para a força muscular. Ela serve como um bloco de construção de proteínas, ajudando a sintetizar este nutriente no corpo. Devido à sua necessidade na manutenção dos músculos, algumas dúvidas ainda permanecem sobre o efeito deste aminoácido no peso corporal.

Perda de massa muscular

A glutamina é predominantemente utilizada como parte de um tratamento experimental para impedir o desgaste muscular que é consequência de doença. Tanto o HIV/Aids como o câncer podem levar ao que é conhecido como caquexia, uma perda de peso devido à atrofia muscular. Por isso, muitas vezes a glutamina é ingerida em combinação com beta-hidroxi-beta-metilbutirato (HMB) e L-arginina. Mas não é realmente a glutamina que é responsável pela prevenção de caquexia. Parece que a HMB retarda a taxa de degradação de proteínas no corpo.

Glutamina

Um estudo indica que a glutamina melhora a síntese de proteína no corpo. Quando combinada com HMB, os pacientes não só mantêm a massa muscular magra, mas também há ganho de peso corporal como resultado de massa livre de gordura, a qual é caracterizada como musculoesquelético. Um estudo semelhante, mas em pacientes com HIV/Aids, demonstrou que a mistura de HMB, glutamina e arginina pode aumentar o peso corporal como resultado de massa corporal magra.

Ganho de peso

Com base em estudos atuais, você não deve ver um aumento no peso como resultado da ingestão de glutamina. Esse aminoácido só aparece para afetar a musculatura magra, e não as reservas de gordura. Tomar glutamina como parte de suplementação dietética não muda o seu metabolismo ou afeta as necessidades calóricas do seu corpo. No entanto, você pode experimentar o ganho de peso, como resultado de massa muscular magra quando tomado em combinação com o treinamento de força. Novos estudos são necessários para determinar o exato efeito sobre o músculo em indivíduos “saudáveis”.

Dosagens

Estudos afirmam que a glutamina pode ser tomada em doses de 500 miligramas, de uma a três vezes ao dia. No entanto, alguns profissionais médicos prescrevem este aminoácido em doses maiores, de 15.000 miligramas. Não tome este montante a menos que sob a supervisão de seu médico.

Efeitos colaterais

Não há efeitos secundários conhecidos que tenham ocorrido como resultado da suplementação com glutamina. No entanto, este aminoácido pode interagir de forma adversa com a prescrição de medicamentos. Sempre fale com seu médico antes de tomar este ou qualquer outro suplemento. Suplementos contendo aminoácidos podem aumentar ou diminuir a eficácia de medicamentos.

Se ganhar músculo também ganho peso?
Tratamentos para a incontinência urinária em adultos

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Como evitar que crianças mais velhas “molhem a cama”

Se você for como a maioria dos pais, já teve de lidar com a sua quota de fraldas encharcadas e...

Fechar