Ginseng para combater resfriados

Por setembro 3, 2017 Taís Sem Comentários
Aliviar a ansiedade com arteterapia
Herpes genital durante a gravidez

Na medicina herbal, várias espécies de ginseng são usadas para combater resfriados. Essas espécies incluem American ginseng e Panax ginseng. Embora não seja um “verdadeiro” ginseng, uma erva conhecida como ginseng siberiano também é amplamente usada para tratar ou prevenir resfriados.

Visão geral

Ginseng é um dos mais populares remédios naturais para resfriados. Amplamente disponível para compra on-line, os suplementos dietéticos que contêm ginseng são vendidos em muitas lojas de alimentos naturais e outras lojas especializadas em produtos naturais.

Os proponentes sugerem que o ginseng americano, o Panax ginseng e o ginseng siberiano podem ajudar a estimular o sistema imunológico e fortalecer a defesa do organismo contra o resfriado comum.

Além disso, o ginseng siberiano é considerado um adaptógeno (uma classe de ervas usada para aumentar a resistência do organismo ao estresse diário). Como acredita-se que o estresse crônico enfraquece o sistema imunológico, há indicações de que o ginseng siberiano também pode combater resfriados, protegendo o corpo contra os efeitos negativos do estresse.

Pesquisas

Embora poucos estudos dediquem-se à pesquisa sobre a eficácia do uso de ginseng para alívio do resfriado, alguns deles mostram que certas espécies de ginseng podem ajudar na prevenção e/ou tratamento de resfriados. Aqui está algumas conclusões dessas pesquisas:

1) Ginseng siberiano

Vários estudos sugerem que o ginseng siberiano pode ajudar a aliviar os sintomas do resfriado comum. Muitos desses estudos têm envolvido a utilização de uma fórmula de ervas que contém uma combinação de ginseng siberiano e Andrographis.

Em um estudo, por exemplo, 95 pessoas que sofriam de resfriado foram tratadas com uma combinação de ginseng siberiano e andrographis durante cinco dias. Em comparação com 90 pacientes que receberam um placebo durante o mesmo período de tempo, aqueles que tomaram a fórmula à base de plantas mostraram uma melhoria muito maior nos sintomas nasais, de garganta e dor de cabeça.

No entanto, a melhoria na tosse e nos sintomas nos olhos não diferiu entre os dois grupos.

2) Ginseng americano

Pesquisadores revisaram cinco estudos clínicos (com um total de 747 participantes) que examinam o uso de ginseng americano para a prevenção de resfriados. Os resultados revelaram que o ginseng americano pode ajudar a encurtar a duração de resfriados quando tomado preventivamente por 8 a 16 semanas. No entanto, não havia provas suficientes para apoiar a alegação de que o ginseng americano pode diminuir a gravidade de resfriados ou reduzir sua incidência.

3) Panax Ginseng

Panax ginseng pode ajudar a proteger contra resfriados. Em um estudo de 12 semanas de duração, envolvendo 227 voluntários, os investigadores observaram que as pessoas que recebem um suplemento contendo Panax ginseng tinham uma incidência significativamente menor de resfriados (em comparação com aqueles que receberam um placebo).

Na medicina tradicional chinesa, acredita-se que o Panax ginseng (e ginseng coreano) tem uma natureza quente e ele é normalmente tomado durante um resfriado, mas também pode ser usado para a prevenção.

Preocupações de segurança

Embora o uso de curto prazo do ginseng possa ser seguro quando usado em quantidades apropriadas por pessoas saudáveis, cada tipo de ginseng está associado a uma série de efeitos colaterais.

Por exemplo, efeitos colaterais associados com o uso de Panax ginseng e ginseng americano incluem insônia, dor de cabeça, diarreia e nervosismo.

O ginseng siberiano, por sua vez, pode desencadear efeitos colaterais como ansiedade e espasmos musculares.

Como o uso de ginseng também pode aumentar a pressão arterial e levar a alterações no ritmo cardíaco, você deve evitá-lo se tem ou está em risco de doença cardíaca.

Também é bom evitá-lo se dispõe de uma doença hemorrágica, condição sensível a hormônios (tais como câncer de mama), doença autoimune, esquizofrenia, se estiver grávida ou amamentando, tiver recebido um transplante de órgão ou tiver sido submetido e estiver em recuperação de uma cirurgia.

Muitos tipos de ginseng podem interagir com uma série de medicamentos comumente usados ​​(por exemplo, não pode ser tomado com varfarina), por isso é crucial consultar o seu médico antes de tomar ginseng.

Aliviar a ansiedade com arteterapia
Herpes genital durante a gravidez

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Como despertar e levantar mais cedo

Pode ser francamente difícil arrastar-se para fora da cama uma hora mais cedo do que você está acostumado a acordar....

Fechar