O que é uma memória falsa?

Por setembro 19, 2017 Taís Sem Comentários
Interação entre café e medicamentos para a tireoide
Os benefícios do ácido gama-linolênico

A falsa memória é uma lembrança fabricada ou distorcida de um evento. As pessoas muitas vezes pensam na memória como se fosse um gravador de vídeo, documentando com precisão e armazenando tudo o que acontece com perfeita precisão e clareza. Na realidade, a memória é muito propensa à falácia. As pessoas podem sentir-se totalmente confiantes de que sua memória é precisa, mas esta confiança não é nenhuma garantia de que uma memória particular é correta.

Exemplos deste fenômeno podem variar de algo bem corriqueiro, como incorretamente recordar de ter trancado a porta da frente, para algo muito mais grave, como falsamente lembrar detalhes de um acidente que você testemunhou.

Saiba mais sobre como psicólogos definem falsas memórias, como estas memórias formam-se e o impacto que tais memórias podem ter.

Definições de falsa memória

Como psicólogos definem a falsa memória? Como eles as distinguem de outras formas de falibilidade da memória?

A falsa memória é uma experiência mental que é erroneamente considerada como sendo uma representação verídica de um evento de seu passado pessoal. As memórias podem ser falsas de forma relativamente menores (por exemplo, acreditando que a última vez que viu as chaves elas estavam na cozinha quando na verdade estavam na sala de estar) e em maneiras que têm profundas implicações para si mesmo e para outros (por exemplo, acreditando equivocadamente que é o criador de uma ideia ou de que foi abusada sexualmente quando criança).

É essencial, nesta fase inicial, distinguir a falsa memória a partir da ideia mais familiar de falibilidade da memória. Memória, como todos sabem, é um arquivo imperfeito de nossa experiência. No seu sentido mais geral, a falsa memória refere-se às circunstâncias em que estamos possuídos de memórias positivas e definidas de eventos – embora o grau de definição possa variar – que não chegaram a acontecer com a gente.

Embora existam diversas falhas de memória de nossa experiência ao longo do tempo, as memórias falsas são as únicas que representam uma lembrança distinta de algo que não chegou a acontecer. Não se trata de esquecer ou misturar detalhes das coisas que nós experimentamos; trata-se de se lembrar de coisas que nunca experimentamos, em primeiro lugar.

O que causa a falsa memória?

Então, por que as falsas memórias acontecem? Fatores que podem influenciar a memória falsa incluem desinformação e atribuição perdida da fonte original da informação. Conhecimento existente e outras lembranças também podem interferir com a formação de uma nova memória, fazendo com que a lembrança de um evento possa ser confundida ou inteiramente falsa.

Uma pesquisa demonstrou que é possível induzir a falsas memórias através da sugestão. Ela também mostrou que estas memórias podem tornar-se mais fortes e mais vivas conforme o tempo passa. Com o tempo, as memórias tornam-se distorcidas e começam a mudar. Em alguns casos, a memória original pode ser alterada de modo a incorporar novas informações ou experiências.

O impacto potencial de falsas memórias

Enquanto estamos todos familiarizados com a falibilidade da memória, muitas pessoas não percebem o quão comum a falsa memória realmente é.

As pessoas são extremamente suscetíveis à sugestão, que pode criar memórias de eventos e coisas que realmente não aconteceram conosco.

Na maioria das vezes, essas memórias falsas são bastante insignificantes – uma memória de que você trouxe as chaves da casa e pendurou-as na cozinha, quando na realidade você as deixou no carro, por exemplo. Em outros casos, falsas memórias podem ter sérias implicações. Os pesquisadores descobriram que as memórias falsas são uma das principais causas de falsas convicções, geralmente através da falsa identificação de um suspeito ou falsas recordações durante os interrogatórios policiais.

Interação entre café e medicamentos para a tireoide
Os benefícios do ácido gama-linolênico

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Os benefícios de Sacha inchi

Sacha inchi (Plukenetia volubilis) é uma planta que produz grandes sementes comestíveis ricas em ácidos graxos ômega-3 e proteínas. Nativa...

Fechar