O que você pode fazer para seu filho gostar da pré-escola

Devo usar um despertador para acordar de manhã?
Ligação entre dores de cabeça e hormônios

O seu filho reclama, chora e fica agarrado a você todas as manhãs antes de ir para a escola? Pode ser muito frustrante e perturbador quando a criança não quer ir para a pré-escola. Se houver realmente um problema com a escola do seu filho, então você deve pensar em tirá-lo ou mudá-lo de escola, mas antes de tirar qualquer conclusão e dar esse passo, os pais devem analisar a situação com muito cuidado para descobrir o “porquê” de a criança estar se comportando desse jeito.

Faça a si mesmo as seguintes perguntas:

  • Este comportamento negativo é novo, recente? A ansiedade da separação é muito comum no início do ano escolar. Dê tempo ao seu filho para se ajustar.
  • Seu filho tem tido tempo suficiente para se adaptar a um novo cuidador?
  • Há uma mudança na pré-escola que poderia estar causando essa emoção negativa, como um professor diferente, uma mudança na sala de aula, novas regras ou mesmo diferentes pares?
  • Existe uma mudança na vida de seu filho que poderia estar causando essa emoção? Sua rotina foi alterada?
  • Seu filho gosta do estilo e da filosofia de aprendizagem da escola? Só porque um centro tem uma boa reputação não significa que ele é a escolha certa para o seu filho e sua família.
  • Aconteceu qualquer tipo de incidente na pré-escola que poderia ter afetado o seu filho de alguma forma?

Converse com seu filho. Se a criança é capaz de se comunicar, fale com ela sobre a pré-escola. Faça-lhe perguntas específicas sobre o dia e pergunte sobre as partes favoritas do dia. Se é o início do ano ou depois de uma pausa da escola, é muito comum as crianças terem ansiedade de separação ou rejeitarem ir à escola. Ler livros sobre a separação é uma ótima maneira de aliviar a ansiedade da criança.

Certifique-se de que você tem uma rotina de manhã e permita algum tempo de ajuste. Incentive a criança a expressar emoções específicas e incentive a discussão de gostos e desgostos sobre o dia na escola, mantendo-se compreensivo sobre quaisquer sentimentos difíceis que seu filho possa estar tendo.

Reúna-se com a escola

Agende uma reunião com a escola para discutir como a criança interage com outras pessoas, seus gostos e desgostos, e se existem quaisquer lutas particulares ou preocupações que você não tem conhecimento ou deve considerar. Por exemplo, você pode descobrir que seu filho se sente envergonhado porque não está totalmente treinado a usar o banheiro sozinho ou “odeia” a escola porque não gosta de seu assento atribuído no almoço. Às vezes, certas canções ou histórias fazem as crianças sentirem-se tristes ou desconfortáveis. Outras vezes, a música ou o tempo de escola pode ser muito alto ou esmagador para algumas crianças. As crianças podem ficar estressadas ou chateadas com coisas que parecem pequenas para adultos. É importante conhecer o seu filho e também utilizar os professores como recursos, uma vez que são formados em desenvolvimento infantil e têm conhecimento sobre problemas sensoriais ou outros temas de desenvolvimento infantil que um pai pode não estar familiarizado.

Desenvolver um plano

Uma vez que você percebe que a emoção negativa é porque a criança simplesmente quer ficar em casa para estar perto da família (uma razão comum) e descartou qualquer situação de falta de segurança ou abusiva, você pode desenvolver um melhor plano de ação.

Trabalhe com os professores do seu filho como parceiros para tentar que seu filho desfrute de pré-escola e do ambiente fora de casa. Talvez juntos chegarem a uma rotina de adeus ou solicitar aos professores uma agenda para a semana, assim você pode deixar seu filho saber na noite anterior. Pergunte que tipo de métodos a escola utiliza para incentivar as crianças para se divertir e use-os em casa. Pergunte que canções as crianças cantam na sala de aula e traga essas músicas para suas rotinas em casa. Com o tempo e muito amor, as crianças geralmente começam a gostar da escola. Se o seu filho continua a não gostar do ambiente, você pode ter que considerar a possibilidade de que uma mudança nos cuidados pode realmente ser a resposta.

Devo usar um despertador para acordar de manhã?
Ligação entre dores de cabeça e hormônios

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Por que piscamos nossos olhos?

Quando crianças, a maioria de nós já fez concursos com irmãos ou amigos sobre quem ficava mais tempo sem piscar....

Fechar