Os benefícios da erva Coptis chinensis

Por setembro 8, 2017 Taís Sem Comentários
Quais são os sintomas mais comuns de uma enxaqueca?
Os benefícios da semente de aipo

Coptis chinensis é uma erva utilizada na medicina tradicional chinesa. Os extratos de raízes da erva estão disponíveis em forma de suplemento dietético. Muitas vezes usada para tratar problemas gastrointestinais, Coptis chinensis é também relatada para proteger contra algumas formas de câncer.

Coptis chinensis contém vários compostos que se pensa melhorar a saúde, incluindo a berberina (um produto químico que possui propriedades antibacteriana, antiviral e anti-inflamatória).

Usos para Coptis chinensis

Na medicina alternativa, Coptis chinensis é usada para ajudar no tratamento das seguintes condições de saúde:

  • Diabetes
  • Diarreia
  • Infecções de ouvido
  • Doença cardíaca
  • Pressão alta
  • Colesterol alto
  • Psoríase
  • Infecções respiratórias

Além disso, diz-se que Coptis chinensis pode prevenir o câncer e proteger contra doenças do fígado.

Benefícios do Coptis chinensis

Em pesquisas preliminares em animais e células humanas, os cientistas descobriram que Coptis chinensis pode oferecer uma variedade de benefícios para a saúde. Embora não haja atualmente muitos ensaios clínicos e testes com a erva e seus efeitos sobre a saúde, os estudos sugerem que ela é promissora em determinadas áreas:

1) Diabetes

Alguns estudos baseados em animais indicam que Coptis chinensis pode ter efeitos antidiabéticos. Num estudo, por exemplo, testes em ratos demonstraram que Coptis chinensis pode ajudar a proteger contra a diabetes devido à melhoria da resistência à insulina.

2) Doença cardíaca

Coptis chinensis pode ser eficaz contra doenças cardíacas, de acordo com um estudo publicado. No experimento com ratos, os autores determinaram que Coptis chinensis pode ajudar a prevenir ou controlar a doença cardíaca, diminuindo os níveis de açúcar e colesterol do sangue.

3) Câncer

Há alguma evidência de que Coptis chinensis pode possuir propriedades anticâncer. Em um estudo, por exemplo, testes em células humanas revelaram que Coptis chinensis pode ajudar a combater o câncer de mama através da indução de apoptose (um tipo de morte celular programada essencial para interromper a proliferação de células cancerosas).

Além disso, um estudo baseado em células verificou que os efeitos pro-apoptóticos de Coptis chinensis podem aumentar a defesa do corpo contra o câncer do fígado.

Ressalvas

Devido a uma falta de pesquisa, pouco se sabe sobre a segurança em longo prazo ou do uso regular de Coptis chinensis. No entanto, há alguma preocupação de que a ingestão da berberina pode aumentar os níveis de um composto conhecido como bilirrubina em recém-nascidos. Como os níveis elevados de bilirrubina estão ligados a disfunções neurológicas em recém-nascidos, é crucial evitar o uso de Coptis chinensis em recém-nascidos.

As mulheres grávidas e mães que amamentam também devem evitar o uso de Coptis chinensis.

Além disso, há alguma preocupação de que a berberina pode ser prejudicial para pessoas com doenças cardíacas.

Tenha em mente que os suplementos não foram testados em relação à segurança e suplementos dietéticos são, em grande parte, não regulamentados.

Em alguns casos, o produto pode entregar doses que diferem da quantidade especificada para cada erva. Em outros casos, o produto pode ser contaminado com outras substâncias, tais como metais. Além disso, a segurança dos suplementos em mulheres grávidas, lactantes, crianças e aqueles com condições médicas ou que estão tomando medicamentos não foi estabelecida.

Quais são os sintomas mais comuns de uma enxaqueca?
Os benefícios da semente de aipo

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Os benefícios da mandioca

A mandioca (Manihot esculenta) é uma planta usada, às vezes, como um remédio herbal. A raiz da planta também é...

Fechar