Quinoa - Benefícios para a Saúde
Leite - Benefícios para a Saúde

No século XIX, Charles Darwin desenvolveu a sua teoria da “selecção natural” (mais tarde referida como a “sobrevivência do mais apto”), que discorria sobre o facto de como uma planta ou animal têm a capacidade de se adaptar ao seu meio ambiente, levando-os a um refinamento.

Este conceito é claramente evidente no reino vegetal de hoje.

Ao estimular-se até aos limites nas suas capacidades físicas e mentais para se tentar obter um diagnóstico que requer uma abordagem atenta para um remédio potente, considere-se com maior disposição e olhando para as plantas, o que elas têm demonstrado ao longo dos tempos e nas circunstâncias mais difíceis.

Muitos dos medicamentos mais potentes e densos nutricionalmente (as super comidas), bem como as ervas, têm algo em comum.

Ambos crescem em climas e circunstâncias que podem ser classificados como “condições extremas”.
* Muitas vezes, o clima mais rigoroso, mais robusto, vigoroso e extremo das circunstâncias e as qualidades das plantas medicinais daí resultantes são potencialmente o que se tem para engendrar um resultado de cura terapêutica, ou para ajudar a orientar a sua fisiologia na direcção desejada.

Aqui se citam cinco alimentos que florescem, quando a Mãe Natureza é levada ao limite:

Bagas de Camu-Camu:

Trata-se de um arbusto ou pequena árvore, pertencente à família Myrtaceae, disperso em quase toda a Amazónia, encontrado no estado silvestre nas margens dos rios e lagos, geralmente de água preta.

No seu habitat natural, esta planta pode permanecer submersa durante 4 a 5 meses.
Apesar de o camu-camu ser um fruto de alto valor nutritivo (fonte mais concentrada de vitamina C no mundo), o mesmo é praticamente ignorado pelos naturais da região, os quais utilizam-no como isco para o peixe.
Imagine-se o potencial medicinal de uma bacia cheia de laranjas.
Isso é, essencialmente, o que está contido numa única baga de Camu-Camu.

Cogumelo Chaga:

Este tipo de cogumelo cresce normalmente em bétula e em climas frios, tais como em áreas do norte dos E.U. e da Rússia, incluindo a Sibéria.
Ele tem demonstrado a capacidade de inibir o crescimento do tumor e do cancro e é também um controlador óptimo do sistema imunológico em geral.

Maca:

Esta raiz peruana sobrevive no ambiente mais inóspito da cordilheira dos Andes e torna-se disponível a quem a consome.

Nenhum outro alimento no mundo sobrevive em altitudes tão elevadas – até 3.500 metros.
Assemelha-se a um nabo ou a um rabanete e no Peru faz parte da alimentação diária dos seus naturais que a têm vindo a utilizar há mais de 2.000 anos.
Esta super comida fornece um suporte fantástico para o sistema endócrino, ajudando a nutrir as glândulas e a reequilibrar as hormonas.

Fruta Noni:

O noni cresce tanto em florestas, como em terrenos rochosos, ou arenosos.
É tolerante a solos salinos e a certas condições de seca, sendo por esse motivo encontrado numa grande variedade de habitats: terrenos vulcânicos, ou mesmo em terra calcária.
Pode crescer até 9 metros de altura e tem folhas largas, simples, de coloração verde escura, com veias vincadas.
A planta dá flores e frutos durante todo o ano.
As flores são pequenas e brancas.
A fruta contém muitas sementes e tem um forte odor quando colhida, daí que seja por vezes descrita como fruta de queijo ou fruta de vómito.
O noni é uma super comida que pode realmente prosperar enquanto crescer em solo vulcânico.
Ela oferece uma infinidade de benefícios para a saúde, incluindo efeitos anti-inflamatórios e melhor digestão.

Todas as Plantas Vivas:

Isto inclui as plantas que crescem em qualquer lugar.
No quintal particular de cada pessoa, no jardim da frente ou na Floresta Amazónica.
Uma planta que cresce num quintal pode não parecer ser submetida a condições severas, mas considere-se o seguinte: as plantas na terra são submetidas a uma ofensiva de ataques de micróbios existentes no solo e elas têm de desenvolver resistências e defesas próprias para lutarem contra esses ataques, o que lhes proporciona anti-virais, antibióticos, anti-fúngicos e outras propriedades, que podem vir a ser transferidos para o seu utilizador final.

Seja intenso o calor ou o frio brutal, haja flutuações extremas de temperatura, chuvas torrenciais, inundações ou micróbios no solo, as plantas têm a capacidade mais que comprovada de se adaptarem, sobreviverem e prosperarem.

Como resultado disto, não só as plantas sobrevivem à fúria da natureza como também desenvolvem condições especiais que favorecem a saúde e as qualidades nutricionais que podem ser deslocados para aqueles que as consomem.

 

Quinoa - Benefícios para a Saúde
Leite - Benefícios para a Saúde