Por que eu não posso recordar meus sonhos quando acordo?

Fatores que podem provocar o aparecimento de rugas
A melhor erva para limpar os rins

Se você acordar de manhã sentindo-se desapontado porque mais uma vez não se lembra de algum sonho que teve durante a noite, você pode se questionar: por que não consigo me lembrar dos meus sonhos? Saiba mais sobre a natureza dos sonhos, a associação de sonhos vívidos com o sono de movimento rápido dos olhos (REM), padrões de sono normal e padrão de sonhar, gatilhos para recordação do sonho, apneia do sono não tratada e como você pode aprender a lembrar melhor de seus sonhos.

O que é um sonho?

Quase todo mundo já teve um sonho em algum momento da vida; até mesmo as pessoas cegas sonham. A frequência da recordação do sonho pode variar ou mesmo desaparecer na vida de alguém. Um sonho é uma série de pensamentos, imagens ou sensações que ocorrem na mente durante o sono. É uma função do cérebro. Ao sonhar, regiões específicas do cérebro são ativadas através de padrões elétricos sequenciados e atividade química.

Os sonhos vívidos, que são como um filme em que você é o ator, são associados com o estágio do sono conhecido como REM – movimento rápido dos olhos. Esse estado do sono foi descoberto por William Dement, considerado o pai da medicina do sono. O REM é associado com atividade intensa dentro do cérebro. Na verdade, o cérebro usa tanta energia (e glicose) no REM como faz durante a vigília. Os músculos que controlam os olhos estão ativos, assim como o diafragma, que é responsável pela preservação da respiração.

O restante dos principais músculos esqueléticos do corpo está paralisado durante esse estado. Isso impede que ocorra a atuação para fora dos sonhos.

A finalidade exata do sonho ainda está sendo examinada. Ele parece ter um papel importante na consolidação da memória, incluindo a eliminação de experiências diurnas irrelevantes. É também importante para a aprendizagem e resolução de problemas.

Curiosamente, é possível experimentar sonhos fragmentados no sono não REM. Isso inclui os estágios iniciais do sono (chamados de fase 1 e fase 2) e sono de ondas lentas (chamado fase 3). Acredita-se que o conteúdo do sonho não REM é mais simplista. Pode ser o sonho de uma imagem, uma ideia ou conceito que é mais estático. Se os sonhos relacionados com o REM são um filme, os sonhos não REM podem ser comparados a uma fotografia.

A natureza dos sonhos e seu significado específico têm sido um assunto de interesse por milênios. O famoso neurologista e fundador da psiquiatria, Sigmund Freud, explorou o tema em sua obra seminal de 1900 chamada de A Interpretação dos Sonhos. Não há consenso sobre a base científica para a interpretação do conteúdo do sonho; reflexão e derivação do significado podem ser mais bem estudados como um exercício pessoal.

Os padrões normais de sonho no sono

É normal sonhar, mas é comum não recordar os sonhos que temos. O estado de sonho pode ser identificado por meio de medições feitas como parte de um diagnóstico na polissonografia, incluindo o registo do eletroencefalograma (EEG), do eletro-oculograma (EOG) e do eletromiograma (EMG).

Os sinais indicadores de sono REM incluem um cérebro ativo, movimentos oculares rápidos e uma perda transitória do tônus muscular.

O sono REM ocorre em intervalos durante toda a noite. O primeiro período de REM pode notar-se de 90 a 120 minutos após o início do sono. Se isso ocorre cedo, em menos de 15 minutos, pode ser um sinal de narcolepsia. Períodos REM tornam-se mais prolongados pela manhã. Como resultado, o último terço da noite pode incluir principalmente o sono REM. É comum acordar de manhã fora do último período de REM.

Fatores que podem provocar o aparecimento de rugas
A melhor erva para limpar os rins

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Como a gravidez muda o seu umbigo

Piercings, umbigo e gravidez Se você tem um piercing no umbigo ou na barriga, pode ter dúvidas se precisará remover...

Fechar