Qual é o efeito da desinformação?

Por setembro 19, 2017 Taís Sem Comentários
Interação entre café e medicamentos para a tireoide
Os benefícios do ácido gama-linolênico

Em um experimento famoso, aos participantes foram mostradas imagens de vídeo de um acidente de trânsito. Depois de assistir ao clipe, os participantes foram, então, questionados com uma série de perguntas sobre o que tinham observado, da mesma forma como policiais, investigadores de acidentes e advogados podem questionar uma testemunha ocular. Uma das perguntas foi: “Quão rápidos estavam os carros ao baterem um no outro?”

Em alguns casos, no entanto, uma mudança sutil foi feita, e a pergunta feita aos participantes foi quão rápidos estavam os carros quando um “esmagou” o outro.

O que os pesquisadores descobriram foi que simplesmente usar a palavra “esmagar” em vez de “bater” poderia mudar a forma como os participantes lembravam-se do acidente. Uma semana mais tarde, os participantes foram mais uma vez abordados com uma série de questões, incluindo: “Você viu o vidro quebrado?” A maioria dos participantes respondia corretamente que não, mas aqueles que tinham sido perguntados com a palavra “esmagou” na pergunta inicial eram mais propensos a acreditar, incorretamente, que tinham de fato visto vidro quebrado.

Como pode uma mudança tão pequena levar a tais diferentes memórias do mesmo clipe de vídeo? Os especialistas sugerem que este é um exemplo do efeito desinformação, um fenômeno de memória que pode introduzir informações enganosas ou incorretas na memória e até mesmo contribuir para a formação de falsas memórias.

Qual é o efeito da desinformação?

Este trabalho demonstrou que as perguntas feitas a uma pessoa testemunha de um evento podem realmente ter uma influência na memória dela sobre o fato. Às vezes, quando uma pergunta contém informações enganosas, ela pode realmente distorcer a memória do evento, um fenômeno que é conhecido como efeito desinformação.

A explicação é que o efeito desinformação refere-se ao prejuízo na memória para o passado que surge após a exposição à informação enganosa.

Entenda porque o efeito da informação incorreta acontece

Então, por que exatamente o efeito desinformação acontece? Existem algumas teorias diferentes:

  • Uma explicação é que a informação original e as informações enganosas apresentadas após o fato misturam-se na memória.
  • Outra possibilidade é que a informação enganosa, na verdade, substitui a memória original do evento.
  • Os pesquisadores também sugeriram que, como a informação enganosa é mais recente na memória, ela tende a ser mais fácil de recuperar.
  • Em outros casos, os dados pertinentes do evento original podem nunca ter sido codificados na memória em primeiro lugar, de modo que quando a informação enganosa é apresentada, ela é incorporada na narrativa mental para preencher essas “lacunas” na memória.

Fatores que influenciam o efeito da informação incorreta

Uma série de fatores contribui para o efeito desinformação, fazendo com que as informações falsas ou enganosas distorçam as memórias de eventos:

Tempo: se as informações enganosas são apresentadas algum tempo depois da memória original, é provável que seja muito mais acessível na memória.

Isso significa que a informação enganosa é muito mais fácil de recuperar, bloqueando efetivamente a recuperação da informação original correta.

Discutir o evento com outras testemunhas: conversar com outras testemunhas após um evento pode distorcer a memória original do que realmente aconteceu. Os relatórios apresentados por outras testemunhas podem entrar em conflito com a memória original, e esta nova informação pode remodelar ou distorcer a memória original da testemunha de eventos como de fato eles ocorreram.

Interação entre café e medicamentos para a tireoide
Os benefícios do ácido gama-linolênico

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Os benefícios de Sacha inchi

Sacha inchi (Plukenetia volubilis) é uma planta que produz grandes sementes comestíveis ricas em ácidos graxos ômega-3 e proteínas. Nativa...

Fechar