Qual é o meu tipo de pele?

Como usar esfoliante na pele
Como ser mais grato a cada dia

A pele é geralmente classificada em quatro categorias: normal, oleosa, seca ou mista. No entanto, assim como você, seu tipo de pele também pode mudar ao longo da vida, de acordo com a idade e outros fatores, como a genética e até mesmo uma doença pode desempenhar um papel importante.

A pele normal, que tem um bom equilíbrio de umidade, pequenos poros e um mesmo tom, é o objetivo da maioria dos tratamentos de cuidados da pele. Grande parte das pessoas tem pele normal, mas para manter o seu bom estado de conservação é importante minimizar a exposição ao sol. Um protetor solar facial com FPS de pelo menos 30 é ideal para a prevenção de rugas e outros danos causados pelo sol. Não importa se está nevando ou chovendo, torne um hábito o uso de filtro solar todos os dias, pois sempre há exposição aos raios UV.

Cuidados com a pele: acalmar a pele oleosa

A pele oleosa é identificada por um excesso de óleo (o termo técnico é sebo) no rosto. Algumas pessoas com pele oleosa começam a senti-lo gorduroso já algumas horas após a lavagem. Uma pessoa com a pele muito oleosa sente necessidade de lavar o rosto ao longo do dia, porque o óleo vai se acumulando durante o dia. A pele oleosa pode ser uma característica hereditária, mas também pode ser causada por puberdade, que faz com que as glândulas sebáceas produzam sebo em grande quantidade. Você também pode perceber mais óleo na “zona T” do seu rosto, ou seja, testa, nariz e queixo, por causa de todas as glândulas sebácias dessa região.

Pessoas com pele oleosa geralmente não precisam passar hidratante regularmente, mas o filtro solar continua a ser necessário para reduzir a exposição aos raios UV. Escolha um filtro solar livre de óleo, aquele que é especificamente formulado para o rosto, portanto menos propenso à obstrução dos poros e ao consequente surgimento de cravos. Há vários protetores solares oil-free disponíveis. Leia os rótulos e tente conseguir amostras de diferentes produtos. Não há mais nenhuma desculpa para não usar protetor solar.

Cuidados com a pele: calmante para pele seca

A pele seca, por outro lado, sofre de uma falta de humidade natural – há pouco óleo para atuar como uma barreira na superfície e de bloqueio para a umidade. Pessoas com pele seca sentem um aperto sobre seu rosto e sua pele é muitas vezes irritada. Descamação é outro sintoma, mas nem sempre é um sinal claro de pele seca. Você pode ter a pele escamosa e não ser seca. Às vezes, a pele severamente seca pode tornar-se pruriginosa e dolorosa, levando a uma condição chamada eczema.

O tratamento de certas condições médicas também pode causar o ressecamento da pele. Por exemplo, o tratamento do câncer de mama pode parar a produção de hormônios que, por sua vez, pode afetar a qualidade de sua pele. Acontece, assim, uma situação de menopausa em idade precoce, em que não há produção de óleo. É natural que na menopausa propriamente dita aconteça a mesma coisa, ou seja, a maioria das mulheres começa a experimentar a pele seca por volta dos quarenta e tantos anos. Para cuidar da pele seca, use um limpador suave, sem sabão, e hidrate adequadamente. Uma segunda aplicação do hidratante pode ser necessária durante o dia.

Como usar esfoliante na pele
Como ser mais grato a cada dia

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Como ser mais grato a cada dia

Você já começou sua manhã derramando todo o café sobre si mesmo? E talvez depois tenha passado o dia todo molhado...

Fechar