Que vitaminas ajudam seu sistema imunológico?

As dez melhores bebidas para hidratação
Dez razões pelas quais você não deve beber álcool

As vitaminas têm propriedades para ajudar a combater uma variedade de doenças e proteger o corpo de danos nas células. Muitos alimentos contêm vitaminas que protegem o sistema imunológico. Embora muitos nutricionistas recomendem obter vitaminas por meio da alimentação, tomar suplementos vitamínicos pode ser uma maneira útil e fácil de absorver a vitamina no corpo se determinados alimentos não estiverem disponíveis. Algumas vitaminas têm mais poder de proteção imunológica do que outras.

Vitamina A

A vitamina A encontrada no betacaroteno tem propriedades antioxidantes que protegem as células dos danos causados ​​pela oxidação. Essa proteção ajuda a prevenir doenças degenerativas que ocorrem durante o processo de envelhecimento. A vitamina A também protege a visão e ajuda a manter a pele, os tecidos moles e as mucosas saudáveis. Os óleos de peixe de bacalhau e linguado, carne, rim, fígado, ovos, leite e queijo contêm vitamina A. Coma esses alimentos com moderação, porque alguns também contêm gordura saturada e colesterol.

Vitaminas do complexo B

As vitaminas do complexo B ajudam com o crescimento e o desenvolvimento, transformando os alimentos em energia para alimentar funções corporais. As vitaminas do complexo B protegem as pessoas de muitos problemas de saúde. A vitamina B9, também conhecida como ácido fólico, pode reduzir o risco de alguns tipos de câncer. Pessoas com baixos níveis de ácido fólico têm um risco aumentado de certos tipos de câncer. Outras vitaminas B também podem oferecer proteção contra câncer, mas é necessária mais pesquisa. As fontes de vitaminas do complexo B incluem legumes, fígado, ovos, sementes e leveduras.

Vitamina C

As pessoas precisam de suprimentos contínuos de vitamina C, uma vitamina solúvel em água necessária para o crescimento e desenvolvimento. Até porque, as quantidades excessivas de vitamina C deixam o corpo por meio da urina. Obter quantidades contínuas de vitamina C ajuda com a cicatrização de feridas. Além disso, ela possui propriedades antioxidantes para bloquear danos causados ​​pela oxidação, que podem levar a doenças inflamatórias, doenças cardíacas e câncer. A vitamina C também protege contra substâncias químicas tóxicas e irritantes do ar. Algumas pessoas acreditam que doses elevadas de vitamina C podem proteger o corpo dos resfriados e da gripe, mas ainda não há evidências suficientes sobre isso. As altas fontes de vitamina C incluem morangos, frutas cítricas, tomates, melão, pimentões verdes, pimentões vermelhos, brócolis, vegetais de folhas verdes, batatas-doces e batatas-brancas. Outras frutas que contêm vitamina C substancial incluem framboesas, arandos, mirtilos, abacaxis, manga e melancia. Legumes, como couves de Bruxelas, couve-flor, couves e abóbora de inverno também contêm vitamina C.

Vitamina D

A vitamina D ajuda com a absorção de cálcio e desempenha um papel importante na prevenção de doenças de degeneração óssea, como a osteoporose. Ela também exerce papéis vitais no fortalecimento da função imune e na redução da inflamação. A vitamina D geralmente é absorvida pelo corpo através da luz solar. Muitas pessoas têm exposição suficiente ao sol para doses adequadas de vitamina D. As melhores fontes de alimentos incluem o salmão, o atum, a cavala e os óleos de fígado de peixe. O fígado de carne, o queijo e as gemas contêm pequenas quantidades. Os fabricantes produzem alguns alimentos fortificados com vitamina D, incluindo leite, cereais usados no café da manhã, suco de laranja, iogurte e margarina.

Vitamina E

A vitamina E elimina os radicais livres que resultam da oxidação e causam danos genéticos e morte celular. Ela pode ajudar a fornecer proteção contra doenças cardíacas e câncer. Algumas pesquisas mostraram que as pessoas com níveis mais elevados de vitamina E apresentam um risco menor de doença cardíaca. Ela também pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer, no entanto, mais estudos são necessários para essa afirmação. Quantidades adequadas de vitamina E evitam problemas no fígado e nos rins. Os diabéticos podem beneficiar-se da vitamina E porque muitas pessoas com diabetes apresentam baixos níveis de antioxidantes e ela pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e os níveis de colesterol. A vitamina E é abundante em gérmens de trigo. Outras fontes incluem fígado, ovos, nozes, sementes de girassol, vegetais de folhas verde-escuras, abacates, espargos, inhame e óleos vegetais, como azeite, milho, cártamo, soja, semente de algodão ou óleo de canola.

Vitamina K

A vitamina K pode proteger pessoas contra câncer de fígado e próstata e calcificação das artérias. A vitamina é essencial no processo de coagulação do sangue, para manter o fluxo sanguíneo funcionando normalmente após uma lesão. Ao ajudar a prevenir a calcificação nas artérias, a vitamina K protege contra doenças cardíacas. O acúmulo de cálcio e outras substâncias nas artérias pode causar aterosclerose ou endurecimento das artérias, o que causa doenças cardíacas. Estudos revelam que a vitamina K pode impedir o acúmulo de cálcio.

As dez melhores bebidas para hidratação
Dez razões pelas quais você não deve beber álcool

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Como criar mais anticorpos

Os anticorpos são fundamentais para o funcionamento do sistema imunológico. Essas células estão presentes no corpo para afastar doenças, incluindo...

Fechar