Remédios naturais para a doença arterial periférica

Por setembro 19, 2017 Taís Sem Comentários
Benefícios do coco para a saúde

A doença arterial periférica (DAP) é uma condição caracterizada por um estreitamento dos vasos sanguíneos fora do coração. Este estreitamento resulta do acúmulo de placas nas paredes das artérias que transportam o sangue para braços e pernas.

A DAP muitas vezes restringe o fluxo de sangue para as pernas, deixando-as dolorosas ou dormentes. Em casos graves, a falta de fluxo sanguíneo pode induzir a gangrena (morte do tecido).

Pessoas com DAP são conhecidas por terem um maior risco de morte por ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

Sinais e sintomas

Pelo menos metade das pessoas com DAP não mostram sinais ou sintomas da doença. Em outros casos, no entanto, a DAP pode produzir os seguintes sinais e sintomas:

  • dor, fadiga ou sensação de queimação em seus pés, panturrilhas e/ou coxas (especialmente durante o exercício ou ao caminhar ou subir escadas)
  • dormência nas pernas e/ou pés quando em repouso
  • espasmos na(s) perna(s), nádegas, coxas e/ou nos pés
  • uma cor pálida ou azulada da pele na área afetada
  • uma temperatura mais baixa em uma perna em comparação com a outra perna
  • diminuição do crescimento das unhas dos dedos dos pés
  • diminuição do crescimento do cabelo nas pernas
  • disfunção eréctil, especialmente entre os homens com diabetes

Remédios

Até o momento, poucos estudos exploraram o uso de medicina alternativa no tratamento da DAP. No entanto, os seguintes remédios naturais podem ser úteis na gestão ou prevenção da doença.

Não deixe de conversar com seu médico antes de considerar tomar algum dos seguintes remédios.

1) Ginkgo Biloba

Ginkgo biloba (uma erva dita para estimular a circulação) parece ser mais eficaz do que o placebo para pacientes com DAP com claudicação intermitente (dor nas pernas que geralmente ocorrem com o movimento e desaparecem com o repouso), de acordo com uma revisão sistemática publicada.

Num ensaio clínico envolvendo 62 adultos com DAP, os pesquisadores descobriram que o tratamento com ginkgo biloba produziu um aumento modesto, mas insignificante no alargamento dos vasos sanguíneos.

2) Vitamina D

Pouca vitamina D pode aumentar o risco de DAP, de acordo com um estudo publicado. Analisando dados de 4.839 adultos, os pesquisadores descobriram que a DAP foi 64% mais comum em membros de estudo com os mais baixos níveis de vitamina D em comparação com aqueles com maiores níveis de vitamina D.

Ressalvas

Devido a uma falta de pesquisa, pouco se sabe sobre a segurança do uso regular de suplementos. É importante ter em mente que os suplementos não foram testados para a segurança e suplementos dietéticos são, em grande parte, não regulamentados. Em alguns casos, o produto pode entregar doses que diferem da quantidade especificada para cada erva. Em outros casos, o produto pode ser contaminado com outras substâncias, tais como metais.

Além disso, a segurança dos suplementos em mulheres grávidas, lactantes, crianças e aqueles com condições médicas ou que estão tomando medicamentos não foi estabelecida. Por exemplo, ginkgo biloba pode interagir com medicamentos antiplaquetas ou anticoagulantes ou suplementos, tais como vitamina E e alho.

Benefícios do coco para a saúde

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Benefícios do óleo de pimenta para a saúde

O óleo de pimenta é um óleo simples usado na cozinha asiática, especialmente na culinária chinesa e tailandesa. Embora os...

Fechar