Terapia ocupacional para crianças com necessidades especiais

Amenorreia em atletas: o que é?
Feno-grego para combate aos danos no fígado

Embora pareça tratar-se de como encontrar um emprego ou desenvolver habilidades de trabalho, a terapia ocupacional, na verdade, lida com o reforço da coordenação motora fina, como a escrita, o corte, a coordenação ao calçar sapatos ou usar utensílios. Para os adultos em recuperação de um acidente ou acidente vascular cerebral, pode incluir as competências relacionadas com o trabalho; para as crianças, cuja “ocupação” é a escola e brincar, ela vai se concentrar mais agudamente em marcos de desenvolvimento e habilidades necessárias para as brincadeiras e atividades acadêmicas.

Terapeutas ocupacionais que trabalham com crianças normalmente usam técnicas e rotinas que podem parecer brincadeira, mas são projetados para atingir áreas de atraso e dificuldade. Alguns terapeutas ocupacionais também são treinados em terapia com uma abordagem de integração sensorial, que utiliza atividades lúdicas para ajudar as crianças a processar e tolerar melhor as informações que recebem através de seus sentidos.

Terapia ocupacional e educação especial

A terapia ocupacional é também um serviço comum oferecido às crianças em intervenção precoce e educação especial. Um programa de educação individualizado ou familiar irá delinear a quantidade de tempo que seu filho vai gastar na terapia ocupacional e como ela será realizada. O terapeuta ocupacional do seu filho deve ser parte da equipe do seu profissinal de saúde e/ou da escola.

Observe uma das sessões de terapia ocupacional do seu filho.

Faça perguntas e certifique-se de que as metas estão sendo tratadas, de que as sessões estão sendo acomodadas de forma consistente e de que o espaço da terapia é propício para um bom trabalho. Um trabalho de terapia ocupacional pode ser muito útil na resolução de problemas em sala de aula, recomendando utensílios de escrita, sugerindo soluções para a inquietação do seu filho ou itens ponderados para ajudá-lo a se acalmar e concentrar-se.

Você gostaria de pensar que os professores, os terapeutas e demais profissionais envolvidos no caso teriam naturalmente estratégias para essas coisas sem a sua intervenção, mas muitas vezes é preciso um questionamento dos pais pedindo para fazer essas conexões.

Mantenha uma boa comunicação amigável com o terapeuta ocupacional. Você também pode perguntar sobre qualquer problema que precisa de conselhos em casa e descobrir se há algum trabalho que você poderia fazer com o seu filho para promover objetivos da terapia ocupacional. Os exercícios da terapia ocupacional frequentemente se parecem com jogos para as crianças e podem ser uma boa maneira de ajudar seu filho nas horas de lazer.

Amenorreia em atletas: o que é?
Feno-grego para combate aos danos no fígado

Poste um comentário

Leia o post anterior:
Doenças do fígado e aumento dos níveis de amônia no sangue

O fígado remove os resíduos químicos tóxicos do sangue. Quando o fígado é danificado por doença ou lesão, suas células...

Fechar