Nutrição > Plantas > Orégão – Escolher e Conservar

Sempre que possível, escolha orégãos frescos, pois o sabor é muito superior aos orégãos secos.

Os orégãos frescos têm as folhas de um tom verde luminoso, de aparência fresca e viçosa e o talo duro. Evitar molhos que tenham folhas murchas ou amarelas, pois isso indica que os orégãos não estão em boas condições.

Leia também  Como aumentar o seu nível de vitamina D3

Se optar por comprar orégãos secos, prefira os de cultura orgânica, pois este tipo de cultivo dá-lhe mais garantia de qualidade.
Os orégãos frescos devem ser guardados na geladeira embrulhados em papel ou num pano levemente húmidos.Também podem ser congelados, inteiros ou picados, e guardados em recipientes hermeticamente fechados; pode congelar a totalidade dos orégãos, ou congelar pequenas porções, separadamente, e descongelar apenas a porção necessária, consoante a quantidade de alimentos que quer temperar.

Leia também  Kale - Benefícios para a Saúde

Os orégãos secos devem ser guardados num frasco de vidro hermeticamente fechado em lugar seco, fresco e escuro e assim manter-se-ão em boas condições durante aproximadamente seis meses.

Os orégãos, tal como outras ervas aromáticas, estão á venda nos grandes supermercados; no entanto procure-os nas lojas de produtos naturais onde existe uma enorme selecção de ervas secas e especiarias, de melhor qualidade.