Nutrição > Plantas > História da Sálvia

A sálvia é originária dos países mediterrâneos e há milhares de anos que aí é consumida. Foi desde sempre utilizada como uma erva medicinal.

Os gregos e romanos valorizavam imenso as propriedades curativas da sálvia; chegou mesmo a ser uma erva sagrada para os romanos que criaram uma cerimónia especial para as alturas em que era apanhada.

Leia também  Benefícios de saúde do Morango

Tanto os gregos como os romanos utilizaram a sálvia como conservante, nomeadamente na conservação da carne, tradição que chegou até ao início da refrigeração; conheciam, por experiência própria, a propriedade da sálvia em reduzir o processo de deterioração, propriedade reconhecida hoje em dia pelos próprios cientistas.

Os lendários poderes da sálvia continuaram ao longo da história; no séc 10, os médicos árabes acreditavam que a sálvia dava a imortalidade; os europeus do séc 14 utilizavam-na para os proteger das feitiçarias. No séc 17 teve grande procura por parte da China, onde o chá de sálvia se tornou muito apreciado.